Filipe Ret deixa delegacia após ser autuado por porte de drogas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O rapper Filipe Ret, 37, disse que foi autuado por porte de drogas para consumo pessoal após deixar a DRE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes), na zona norte do Rio de Janeiro, na tarde desta terça-feira (19). Ele havia sido conduzido por policiais ao local para prestar depoimento referente a uma investigação de distribuição gratuita de cigarros de maconha em seu aniversário.

Em nota, a assessoria do cantor disse que houve uma ação da polícia e foram apreendidos pertences pessoais do artista. "Filipe Ret, que já se declarou usuário de maconha, foi conduzido à delegacia e foi lavrado apenas um termo relativo à posse de maconha para uso pessoal."

"Qualquer alegação diferente desta, se trata de uma afirmação descolada da realidade e única e exclusivamente do interesse de terceiros. Filipe Ret agradece o carinho dos fãs, da família e de amigos", diz a nota.

Um vídeo cedido pela Polícia Civil do Rio de Janeiro mostrou na manhã desta terça o momento em que o rapper foi acordado pelos oficiais em um hotel de luxo, em Angra dos Reis. Segundo a assessoria do artista, ele estava hospedado no local com familiares e amigos para um período de descanso.

No vídeo, os policiais explicam a investigação e a ação que estão realizando, enquanto Ret está em pé na porta do quarto do hotel, secando o rosto com uma toalha. O local em que ele estava hospedado fica na Costa Verde do Rio.

No início da manhã, a polícia esteve em cinco endereços ligados ao artista pelo Rio de Janeiro. Segundo nota da DRE, outro local investigado foi o espaço Vivo Rio, que, segundo os investigadores, se recusou a fornecer imagens do dia em que supostamente houve distribuição gratuita de droga. Com o material apreendido, o inquérito terá continuidade para identificar todos os envolvidos no crime.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos