Filipe Ret chuta fã para fora do palco e justifica: "Minha resposta é autodefesa"

Filipe Ret durante show no Rio de Janeiro; durante passagem pela Bahia, cantor foi acusado de agredir fã ao empurrá-lo do palco (Foto: Victor Chapetta/AgNews)
Filipe Ret durante show no Rio de Janeiro; durante passagem pela Bahia, cantor foi acusado de agredir fã ao empurrá-lo do palco (Foto: Victor Chapetta/AgNews)

Um vídeo de Filipe Ret jogando um fã para fora do palco durante um show na última sexta-feira (22), em Feira de Santana, na Bahia, começou a circular nas redes sociais. Nele, o admirador sobe ao palco para abraçar o rapper, mas é empurrado e chutado pelo cantor, que aparenta ficar irritado com a situação.

Divulgado por Leo Dias, colunista do Metrópoles, o vídeo é curto e apenas mostra a ação. No momento em que consegue se desvencilhar do abraço do fã, Ret reclama: "Qual é, mano? Na moral, cara", diz, sem se estender sobre o assunto e continuar com a apresentação normalmente. Confira:

Em suas redes sociais, o rapper se pronunciou sobre o ocorrido: "Eu faço show com energia, com amor e raiva. Geral se empolga e sei que alguns se exatam além da conta e fazem o que SABEM que não devem [fazer]: invadir o palco. Eu posso tolerar uma invasão com respeito, posso tolerar várias invasões. Neste show, foram mais de vinte. Quase me machucaram", justificou.

"Eu posso até parar uma música no meio e pedir humildemente para não atrapalharem mais o show (MEU TRABALHO) e não estragarem a vibe de outras milhares de pessoas que só querem curtir o show respeitosamente", continou. "Mas quando sou desrespeitado por pessoas, paro show, digo com toda clareza que estão atrapalhando e me violentando e, segundos depois, alguém age da mesma forma, quem está sendo agredido sou eu. E minha resposta a essa agressão vira autodefesa."

Ret ainda disse que, na hora, pensou apenas nos fãs que estavam prestigiando a apresentação: "Minha atitude foi de respeito aos 99% do público queria curtir, porque minha outra atitude seria abandonar o palco", afirmou. "Mas tenho meu jeito, sou aguerrido, quis continuar até o fim em respeito à GRANDE MAIORIA que merecia curtir e pagou para ver o show. Quem tentou acabar com a festa não merecia respeito algum."

"Obrigado a todos os fãs que compreenderam e buscaram entender tudo o que aconteceu", concluiu o rapper nos stories de seu Instagram.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos