Filiada ao PSOL, Bela Gil confessa: “Em algum momento da vida pretendo me candidatar”

·1 min de leitura

Bela Gil, assim como muita gente, teve surtos durante a quarentena. A apresentadora e culinarista revela ao Yahoo Entrevista teve muitos surtos de euforia no início do isolamento, seguidos por surtos de culpa.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

“Culpa por estar bem, enquanto muitas pessoas não estavam bem. Então tive o ímpeto de ajudar o máximo de pessoas que eu pudesse, ajudar o máximo de Organizações não Governamentais (ONGs) e contribuir com o que eu podia”, explicou.

Veja também

Além disso, Bela também conta ter tido surtos de tristeza. “Não só pela pandemia, mas também por todo desmonte político que estamos vivendo no Brasil hoje”, completa ela. E revela um mix de sentimentos durante o período, que conseguiu controlar através da meditação.

Mas ainda que meditasse, a culinarista resolveu fazer algo pelo cenário político assim como fez as ações sociais. Recentemente, ela se filiou ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e diz que, futuramente, pretende sair candidata à algum cargo público.

“Não vou ser candidata nessas eleições, mas em algum momento da vida pretendo me candidatar a alguma coisa, porque quero contribuir para essa mudança”, explica Bela.

Assista ao vídeo completo acima.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos