Filhos de mães vegetarianas têm maior tendência a serem viciados em drogas, diz estudo

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Grávidas que deixam de comer carne durante a gestação aumentam as chances do filho desenvolver vício em drogas, diz estudo. Realizado pelo National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism, ele afirma que isso pode acontecer pela falta de vitamina B12 na dieta da mãe durante o desenvolvimento do bebê.

Os pesquisadores descobriram que os adolescentes cujas mães não comiam carne quando estavam grávidas eram mais propensos a sofrer com o abuso de entorpecentes. Entre eles, o álcool, tabaco e maconha são os mais frequentes.

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido respondeu essa informação dizendo que mais pesquisas são necessárias para uma conclusão definitiva. No site oficial do órgão, uma publicação diz que “apesar de pouca vitamina B12 na alimentação durante a gestação afetar o desenvolvimento do bebê, ainda precisa ser provado que uma dieta vegetariana causa abuso de drogas em um adolescente”.

O último estudo publicado no periódico Alcoholism: Clinical and Experimental Research acompanhou o que aconteceu com quase 15 mil crianças nascidas em Bristol entre 1991 e 1992, comparando os filhos de mães vegetarianas e daquelas que comem carne.

Foram analisados 5,246 adolescentes na faixa dos 15 anos e depois de listarem o consumo de substâncias entre eles, descobriu-se uma forte ligação entre o vegetarianismo durante a gravidez e o risco de desenvolver vícios.

O doutor Joseph Hibbeln, que lidera o estudo, disse que embora as mulheres recebam com frequência a recomendação de diminuir o consumo de carne, isso pode causar deficiências nutricionais que podem afetar o desenvolvimento do cérebro de um bebê.

O Serviço Nacional de Saúde tranquilizou as mães vegetarianas dizendo que “as descobertas não significam que as mulheres grávidas vegetarianas precisam começar a comer carne. Já é recomendado que as mamães vegetarianas e veganas tenham cuidado especial para garantir que elas tenham a quantidade suficiente de certos nutrientes encontrados em carne e peixe, como vitamina B12, vitamina D e ferro”. Para isso, diversas vitaminas que contém essas vitaminas podem fortalecer a dieta dessas mulheres.