Filho de Tenório desvendará assassinatos do pai, mas terá morte trágica; entenda

Roberto ao lado dos irmãos e da mãe em
Roberto ao lado dos irmãos e da mãe em "Pantanal" (Globo/João Miguel Júnior)

Enquanto Marcelo (Lucas Leto) tenta encontrar espaço para trabalhar com Tenório (Murilo Benício) mesmo sabendo das irregularidades dos negócios do pai em "Pantanal", seu irmão, Roberto (Cauê Campos), irá mais fundo nas investigações sobre o passado do fazendeiro.

Aos poucos, o filho de Tenório descobrirá que ele na verdade é um grileiro, que lucrou em cima do roubo de terras alheias e autor de vários assassinatos em disputas de poder. Em entrevista ao "Extra", o ator Cauê Campos afirmou que Roberto não se deixará manipular pelas histórias mentirosas do pai.

"Roberto vira a chave. Na mente dele, fica muito claro que foi o pai (quem cometeu crimes como assassinato). Ele sabe que não pode confiar nele. Tanto que tem pressa para revelar o que sabe, mas vai enfrentar barreiras. Definitivamente, ele não é mais a mesma pessoa", explicou.

O personagem terá um fim trágico na trama de Bruno Luperi: Roberto será morto por um matador de aluguel contratado pelo próprio pai. A morte do personagem é uma mudança do roteiro original da novela de 1990, na qual Roberto morre devorado por uma sucuri. "Estou na expectativa. É a primeira vez que morro em algum trabalho. Tem todo um simbolismo, essa questão de como vou estar e com quem. Espero que seja muito lindo", explicou o ator.

Caso entre Marcelo e Guta

O que Tenório (Murilo Benício) mais temia acontecerá nos próximos capítulos de “Pantanal”. Guta (Julia Dalavia) e Marcelo (Lucas Leto) vão se render mais ao desejo guardado e trocar beijos.

Nas cenas que vão ao ar nos próximos capítulos da novela, os dois se encontrarão no estábulo da fazenda no pantanal e o paulistano vai colocar a engenheira na parede, literalmente. Sabendo que eles não são irmãos - Marcelo não é filho de Tenório -, eles vão ceder.

Tomando a iniciativa, Guta vai pressionar Marcelo com o corpo colado no dele após ele tentar fugir dela diversas vezes. “Olha, Guta... Sobre isso...”, dirá o jovem. “Fica quieto, Marcelo... E me beija”, irá responder a engenheira.

Ele então vai tentar se safar novamente dizendo que não é simples se relacionar. “Sei que existe um milhão de implicações... Mas... Não podemos deixar todo o resto para depois?”, avaliará Guta, antes de completar: “Não me faça esperar mais... Não consigo esperar mais um segundo por você... Tem como pensar?”