Filho de Brad Pitt e Angelina Jolie, Maddox testemunhou contra o pai, diz site

·1 minuto de leitura
Angelina Jolie, Maddox Jolie-Pitt, and Brad Pitt attend the 2013 Board of Governors of the Academy of Motion Picture Arts and Sciences' Governor Awards, on Saturday, Nov. 16, 2013 in Los Angeles (Photo by John Shearer/Invision/AP)
Angelina Jolie, Maddox Jolie-Pitt e Brad Pitt em novembro de 2013. Foto: Associated Press

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O conturbado divórcio de Angelina Jolie, 45, e Brad Pitt, 57, ganhou um novo capítulo. A atriz entrou com um novo processo judicial contra o ex-marido, em que o acusa de violência doméstica.

Segundo uma fonte ouvida pela US Weekly, a avaliação do ator é de que a ação seria uma tentativa de Jolie para usar os filhos do casal como arma no tribunal a fim de permitir que ela possa tirar as crianças de Los Angeles sem a aprovação ou conhecimento dele.

Leia também

"As crianças sofreram tantos traumas e isso está apenas aumentando, mas está fora do controle de Brad", afirmou a fonte, que nega que o ator tenha agredido os filhos. O ex-casal tem seis filhos: Maddox, 19, Zahara, 16, Pax, 17, Shiloh, 14, e os gêmeos Knox e Vivienne, 12.

O site The Blast noticiou que a Jolie está determinada a apresentar provas da violência, e que os filhos do casal também podem testemunhar no processo. Segundo a US Weekly, Maddox já teria dado um depoimento contra o pai nos tribunais.

Além disso, de acordo com uma fonte ouvida pelo site, ele quer remover legalmente o sobrenome Pitt, e usar Jolie. A atriz não apoia essa decisão, diz a revista. Na época do anúncio do divórcio do casal, em 2016, Brad Pitt foi acusado de agredir física e verbalmente Maddox.

O incidente teria acontecido enquanto ele, a mulher e os filhos voltavam da França para Los Angeles em um jato particular. Após ser investigado pelo Departamento da Criança e Serviço Familiar americano, o ator foi inocentado.