Filho de Bolsonaro diz que Gabriel da Casa de VIdro sempre o seguiu e afirma que ele se vendeu

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 04.03.2020 - Jair Renan, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 04.03.2020 - Jair Renan, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A repercussão a respeito do voto de cada um dos participantes da Casa de Vidro, do Big Brother Brasil 23 (Globo), continua dando o que falar. Após o público na web descobrir que Jair Renan, filho de Bolsonaro (PL), seguia Gabriel, muitos cogitaram que o modelo e pretendente a uma vaga no reality fosse eleitor do agora ex-presidente.

Na casa, porém, Gabriel fez o "L" com a mão e disse que não sabia o motivo de Jair Renan o ter como amigo no Instagram. Mas o fato fez com que o próprio Jair respondesse. Em postagem no perfil do Gossip do Dia que repercutia o assunto, Jair Renan Bolsonaro escreveu que Gabriel sempre o seguiu e que só agora teria se vendido pela fama.

"Você me seguia, mas se vendeu! A pergunta é: Sofá do Boninho... Quanto custou para você ou o que custou?", escreveu Jair.

Pessoas na área externa do aquário localizado num shopping do Rio de Janeiro questionaram Tavares sobre o assunto. Ele se defendeu dizendo que não sabia porque Renan o segue. "Se eu fosse amigo dele, eu o seguiria. Quem não deve não teme. Aliás, se o pai dele souber que ele me segue, não vai gostar. Ele vai ficar puto", afirmou.

Já a colega de confinamento Giovanna Leão, 25, está sendo criticada devido a tuítes publicados há anos. Em 2018, a garota fez um comentário ácido sobre Lula no Twitter, resgatado em prints que viralizaram após a Casa de Vidro abrir as portas. "Já fui despejada de três casas, na chuva entrava água do telhado e destruía todos os móveis. Meus pais passavam fome enquanto eu era amamentada e tu tá pagando de pobrezinha na internet? Tudo que eu tenho hoje garanto que não é por Lula", escreveu.