Filho de Anne Heche se despede da atriz: "Liberdade eterna"

Filho de Anne Heche se despede da atriz:
Filho de Anne Heche se despede da atriz: "Liberdade eterna" (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)

Filho mais velho da atriz Anne Heche, que faleceu na sexta-feira (12) após um grave acidente de carro, Homer Heche Laffoon se despediu da mãe em um texto enviado ao Page Six.

"Meu irmão e eu perdemos nossa mãe. Depois de seis dias de mudanças emocionais quase inacreditáveis, fico com uma tristeza profunda e sem palavras", escreveu. "Espero que minha mãe esteja livre da dor e começando a explorar o que eu gosto de imaginar como sua liberdade eterna. Ao longo desses dias, milhares de amigos, familiares e fãs me mostraram seus corações".

"Sou grato pelo amor deles, assim como pelo apoio de meu pai, Coley, e minha madrasta, Alexi, que continuam sendo minha fortaleza durante esse período. Descanse em paz, mãe, eu te amo. Homer", concluiu o rapaz, que é fruto com Coleman "Coley" Laffoon, com quem Anne se envolveu após um namoro de três anos com a apresentadora Ellen DeGeneres.

Anne Heche estava em coma desde o último dia 5 de agoasto, quando sofreu um acidente decarro em Los Angeles, na Califórnia. A atriz sofreu queimaduras e uma lesão no pulmão após colidir contra uma casa no bairro Mar Vista, causando um incêndio, e estava em estado grave no hospital, respirando por aparelhos.

Vida e carreira

Caçula de cinco filhos, Anne nasceu em 25 de maio de 1969, em Aurora, Ohio. Sua família passou por dificuldades financeiras durante sua infância, mudando-se várias vezes de casa e chegando a se instalar em uma comunidade Amish. Quando ela tinha 12 anos, sua família se mudou para Nova Jersey, onde começou a trabalhar para ajudar nas despesas da casa. Ao lançar a autobiografia "Call me crazy" ("Me chame de louca"), em 2001, Anne revelou em entrevistas que foi violentada sistematicamente pelo pai na infância.

Após a morte do pai, em 1983, e de seu irmão Nathan, três meses depois, em um acidente de carro, a família mudou-se para Chicago. Estudando na Francis W. Parker School, um agente a viu atuando numa peça escolar, aos 16 anos, e conseguiu uma audição para a novela "As the world turns", mas a mãe insistiu que terminasse o ensino médio. Ao se formar, em 1987, foi para Nova York trabalhar na novela "Another world".

Sua primeira produção grande em Hollywood foi "As aventuras de Huck Finn", adaptação da Disney da obra de Mark Twain. O primeiro papel de destaque vem com a comédia independente "Amigas curtindo adoidado", de 1996. Em 1997, contracena com Johnny Depp e Al Pacino no cult "Donnie Brasco".

No ano seguinte, ganha sua primeira protagonista em "Seis dias, sete noites", comédia romântica em que forma um casal com Harrison Ford. Em 1999, participa da polêmica refilmagem de Gus Van Sant para o clássico de Alfred Hitchcock "Psicose", na qual interpreta Marion Crane, vivida por Janet Leigh no original.

Em 1997, Anne assumiu o relacionamento com a comediante e apresentadora Ellen DeGeneres, com quem ficou até o ano 2000. Em 2001, ela se casou com o câmera Coleman Laffoon, com quem teve um filho, Homer Heche Laffoon, em 2002. O casal se separou em 2007, quando Anne foi morar com o ator James Tupper, com quem contracenou na série "Men in trees". Os dois tiveram um filho, Atlas Heche Tupper, nascido em março de 2009.