Filha diz ser traumatizada por não se parecer com Demi Moore

·1 minuto de leitura

Resumo da notícia:

  • Tallulah Willis é filha de Demi Moore e Bruce Willis.

  • A estilista sofre de dismorfia corporal.

  • Nas redes, ela falou sobre como isso afetou a percepção de sua aparência e criou traumas.

Tallulah Willis, filha de Demi Moore e Bruce Willis, desabafou nas redes sociais sobre os seus traumas. A estilista de 27 anos revelou que que seus dramas de infância a levaram a ser diagnosticada com transtorno dismórfico corporal, doença mental que envolve um foco obsessivo que problemas que a pessoa considera ter em sua aparência.

Leia também:

Tallulah escreveu na legenda de uma foto algumas lições e conclusões alcançadas por ela ao longo da vida, entre elas suas questões relacionadas à aparência.

“Eu me punia por não me parecer com a minha mãe, por me dizerem desde sempre que era uma gêmea do Bruce Willis”, escreveu a estilista. “Eu me resentia por essa semelhança por acreditar que essa suposta feição masculina me lavava a ser pouco atraente. FALSO! Eu era e sou atraente e digna, sempre fui, em qualquer tamanho e com qualquer corte de cabelo (assim como você)”.

O post rendeu mais de 16 mil curtidas em poucas horas no ar. O espaço de comentários da publicação está repleto de mensagens de solidariedade e de agradecimento por Tallulah ter exposto seu drama e permitido que outras pessoas se identificassem com o seu problema.

A estilista é a filha caçula do casamento de Moore e Willis, entre 1987 e 2000. Eles ainda tiveram juntos Rumer (32 anos) e Scout (29 anos). Apesar do término, o ator e a atriz continuam bastante amigos, tendo o astro de ação inclusive passado os primeiros meses de 2020, no início da pandemia do novo coronavírus, na casa da ex.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos