Filhas de Silvio defendem o pai após polêmica com Claudia Leitte

Foto: Reprodução/Instagram

Após a polêmica de assédio envolvendo Claudia Leitte e o apresentador Silvio Santos no último sábado (10), Daniela Beyruti, a filha número três do dono do baú, se manifestou nas redes sociais em defesa do pai. Em seguida, Silvia Abravanel e Patricia Abravanel também comentaram o episódio por meio de comentários nos posts feitos pela filha número três — Daniela.

A diretora do SBT negou que o apresentador tenha assediado a cantora. “Saudades da TV de antigamente. Onde existia muita brincadeira e pouco constrangimento”, escreveu.

Leia mais: Famosas saem em defesa de Claudia Leitte: “Cada mulher que se impõe nos liberta”

“Tenho escutado tanto absurdo esses dias.  Me pergunto: Será que um homem íntegro, trabalhador, super pai, avô, bisavô, bom marido, colega de trabalho, comunicador de décadas e pessoa que sempre semeou o bem, assediaria mesmo uma mulher na frente de sua esposa e filhas ou estaria fazendo seu trabalho de apresentador brincando no palco com uma outra artista? Desabafo de uma filha”, finalizou ela, que em seguida compartilhou diversas imagens do pai ao lado da família e da esposa, a autora Íris Abravanel.

“Silvio Santos: O Marido! Tenho tantas fotos mas essas foi que consegui de bate pronto! Orgulho de quem ele é e de tudo que ele fez! Dos valores que ele tem.”

Patricia classificou como “maldade e injustiça” o fato de Claudia e vários os outros artistas, entre eles a atriz Bruna Marquezine, terem se manifestado contra a postura de Silvio. Além de criticarem a postura de Silvio, os famosos compartilharam textos com a #chegadeassedio.

“Tanta maldade que só choro quando penso nisso. Muito triste mesmo. Quanta injustiça com a vida, com a história e com o caráter do meu pai. Existe um ser humano, existe um pai de família, existe um marido, um empresário, animador, um artista e também uma família que conhece ele muito bem, que ama ele, admira e que está escutando cada barbaridade em relação ao meu pai. Meu Deus, onde vamos parar? Estou muito triste mesmo”, lamentou Patricia.

Silvia foi além e insinuou que Claudia Leitte queira apenas aparecer.

“Meu pai é exemplo de caráter, dignidade, hombridade, honestidade, responsabilidade, profissionalismo, respeito, e principalmente ao próximo (quem realmente o conhece, sabe do que falo). Excelente esposo, pai, avô, bisavô, melhor ser humano”, escreveu Silvia, a filha número dois, inclusive, cobrando posicionamento dos críticos.

“Então, para falar da honra dele, olhem para honra de vocês. Está mais do que na hora de não darmos mais moral para essa moça ou para essa história. Já basta. Saudade do tempo que haviam seres humanos movidos à amor e respeito, que não saíam por aí atacando uns aos outros por embalo, por um segundo de fama. Vai passar e o que vai continuar é o legado que meu pai construiu até hoje, com integridade e sempre pensando no próximo. Mais respeito com meu pai. Seja 1/3 do que ele é até hoje e depois falem, ok?”, desabafou Silvia.

Entenda o caso:

Logo após se apresentar no palco do Teleton, a cantora ouviu do dono do SBT que a roupa escolhida por ela o deixava excitado.

Para tentar sair da saia justa, a convidada brincou: “Excitado no sentido de alegria, né?”. “Não, é excitação mesmo […] da maneira como você está se apresentando, dá vontade de sair da poltrona, tomar uns chopes e depois”, disse ele. Sem graça, a cantora respondeu: “Vou ali botar uma calça jeans, tá? Volto já”.

Logo depois, Claudia se manifestou nas redes sociais. “Senti-me constrangida sim. Quando passamos por episódios desse tipo, vemos em exemplificação, o que acontece com muitas mulheres todos os dias, em muitos lugares. Isso é desenfreado, cruel, nos fere e nos dá medo”, desabafou.

“A provocação vem disfarçada de piada, e as pessoas riem, porque acostumaram-se, parece-nos normal! E lá se vai a nossa vida, cheia de reflexões quanto ao que usar como artista, como empresária, como esposa, como amiga, como empregada, como patroa… como mulher”.  

Veja o vídeo abaixo: