Festival de Viola Caipira do Entorno do Distrito Federal começa nesta sexta-feira

·3 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Durante três dias, a partir desta sexta-feira (19) até o próximo domingo (21), sempre às 19h, o FEVICAE [Festival de Viola Caipira do Entorno do Distrito Federal] promete revelar talentos da viola para o Brasil e para o mundo.

São 20 artistas de diversas partes do país disputando a premiação total de R$ 11,5 mil, embalados pelos shows das lives de Zé Mulato e Cassiano (DF), Almir Pessoa (GO) e Dyego e Gustavo (DF) para animar quem “apreceia” o gênero.

O evento apresentará ao público os cinco vencedores do concurso, que receberão valores de R$ 1 mil a R$ 4 mil, totalizando R$ 11,5 mil em premiações. O anúncio e as exibições musicais ocorrerão em formato virtual, devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, por meio do canal da Viólêta Produções, no YouTube.

Patrocinado pelo Fundo de Arte e Cultura de Goiás, o Festival de Viola Caipira do Entorno do Distrito Federal recebeu inscrições de diversas partes do país. A participação feminina foi registrada por nove participantes. O Estado de São Paulo apresentou o maior número de inscritos, 18 no total, sendo cinco mulheres. Dos 20 artistas selecionados, seis são mulheres. Na curadoria do festival e entre os jurados a presença feminina está garantida pela violeira Juliana Andrade, de São José do Rio Preto (SP), e entre os jurados, estão Vitória da Viola, de Votorantim (SP), e Flor Morena, de Araraquara (SP).

Para a definição dos vencedores do festival, o júri especializado avaliará aspectos como interpretação, afinação, harmonia, ritmo, dicção, postura, qualidade de áudio e vídeo, participação feminina, ineditismo e autoria da obra. As lives com Zé Mulato e Cassiano (DF), Almir Pessoa (GO) e Dyego e Gustavo (DF) serão intercaladas com os vídeos enviados pelos 20 candidatos selecionados na primeira fase. Por fim, os jurados escolherão os cinco artistas premiados.

O Festival de Viola Caipira do Entorno do Distrito Federal promoverá ainda a oportunidade de elevar o nível de gerenciamento profissional das carreiras dos participantes, pois todos os inscritos poderão acessar uma oficina de legalização artística, com carga horária de 30 horas. A oficina será dividida em quatro módulos: registro artístico; registro de obra; registro de fonograma; e lançamento musical digital.

Veja, a seguir, a programação do Festival de Viola Caipira do Entorno do Distrito Federal

SEXTA-FEIRA (19) – show de Dyego e Gustavo – DF

1ª semifinal

Adriano Reis e Cuiabá (Mirassol – SP)

Ana Paula e Carine Viola (Bom Sucesso de Itararé – SP)

Anderson Martins (Andradas – MG)

Avaré & Jatay (Aparecida de Goiânia – GO)

Bruno e Felipe (Uberlândia – MG)

Célio & Leandro (Jaú – SP)

Dayane Reis (São Sebastião – DF)

Gabriel e Garimpeiro (São José do Rio Preto – SP)

Guilherme da Viola & Gabriel (Itapetininga – SP)

Jacarandá e Braúna (Brasília – DF)

SÁBADO (20) – show de Almir Pessoa – GO

2ª semifinal

João Vitor e Gabriel (Botucatu – SP)

José Junior e Gabriel (Monteiro Lobato – SP)

Kallebe e Davi (Botucatu – SP)

Karoline Violeira (Botucatu – SP)

Maike Rener e Valter Neto (Planaltina – DF)

Mariana Viola e Caroline (Cascavel – PR)

Nando e Adriano (Jaú – SP)

Paulo Sousa e Andressa (Elói Mendes – MG)

Rafael Viola e Dinelson (Campos do Jordão – SP)

Zé Borges (Itaberaí – GO)

DOMINGO (21) – show de Zé Mulato e Cassiano – DF

Premiações: R$ 1 mil a R$ 4 mil, do 5º ao 1º lugar

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos