Festival de Berlim vai exibir longa de Sean Penn sobre Ucrânia e filmes brasileiros

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Festival de Berlim, um dos principais eventos cinematográficos do mundo, anunciou na manhã desta segunda-feira (23) os filmes que estarão na sua 73ª edição.

Um dos destaques da seleção é o documentário "Superpower", dirigido por Sean Penn e Aaron Kaufman, que fala sobre o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, a invasão russa do país e a guerra. O longa fará sua estreia mundial no evento numa sessão especial fora da competição principal.

O evento vai começar no próximo dia 16 com a exibição de "She Came to Me", comédia romântica dirigida por Rebecca Miller. No elenco, estão nomes como Peter Dinklage, Marisa Tomei, Joanna Kulig e Anne Hathaway.

O alemão Christian Petzold leva "Afire" ao festival em sua sexta participação no evento. O cineasta já foi premiado com o prêmio da crítica por "Undine" e com o Urso de Prata, uma das estatuetas dada no festival, por "Barbara", em 2012.

Outro veterano alemão, o diretor Christoph Hochhäusler, aparece no festival com o longa "Till The End of Night". O consagrado diretor francês Philippe Garrel, por sua vez, estreará "O Arado" na competição.

Não há filmes brasileiros na competição, mas o cinema nacional terá representantes em mostras paralelas. "Propriedade", suspense de Daniel Bandeira com Malu Galli, terá uma exibição especial na mostra Panorama. "O Estranho", de Flora Dias e Juruna Mallon, fará sua estreia mundial em outra mostra.

"As Miçangas", de Emanuel Lavor e Rafaela Camelo, foi selecionado para a Berlinale Shorts. O curta "A Árvore", de Ana Vaz, deve aparecer na mostra Forum Expanded.

"Suzume", de Makoto Shinkai, é o primeiro anime a ser exibido no evento desde que "A Viagem de Chihiro" ganhou o Urso de Ouro em 2001.

CONFIRA A SEGUIR A LISTA DE FILMES SELECIONADOS PARA A MOSTRA COMPETITIVA

"20.000 Species of Bees", de Estibaliz Urresola Solaguren

"The Shadowless Tower", de Zhang Lu

"Till the End of the Night", de Christoph Hochhausler

"BlackBerry", de Matt Johnson

"Disco Boy", de Giacomo Abbruzzese

"O Arado", de Philippe Garrel

"Ingeborg Bachmann – Journey into the Desert", de Margarethe von Trotta

"Someday We’ll Tell Each Other Everything", de Emily Atef

"Limbo", de Ivan Sen

"Bad Living", de Joao Canijo

"Manodrome", de John Trengove

"Music", de Angela Schanelec

"Past Lives", de Celine Song

"Afire", de Christian Petzold

"On the Adamant", de Nicolas Philibert

"The Survival of Kindness", de Rolf de Heer

"Suzume", de Makoto Shinkai

"Totem", de Lila Ayles