Festival de Berlim anuncia filmes que disputam o Urso de Ouro em edição virtual

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Festival de Berlim terminou de anunciar, nesta quinta (11), os filmes que compõem sua programação de 2021, com a divulgação dos títulos que competem pelo Urso de Ouro, seu prêmio máximo. O Brasil ficou de fora da seção competitiva. Organizadores da Berlinale, um dos eventos cinematográficos mais importantes do mundo, vinham revelando o lineup das mostras desta edição há alguns dias. O Brasil apareceu em duas delas --Berlinale Series e Panorama. Na primeira, dedicada a séries de TV, o país será representado por "Os Últimos Dias de Gilda", criada e dirigida por Gustavo Pizzi. Na segunda, que dá espaço a histórias mais políticas e é a mais importantes entre as mostras paralelas, ganha exibição o filme "A Última Floresta", de Luiz Bolognesi, que acompanha uma aldeia ianomâmi. Entre os destauqes da mostra competitiva estão os novos filmes do sul-coreano Hong Sang-soo, "Introduction", e da francesa Céline Sciamma, "Petite Maman", e a estreia como diretor do ator alemão Daniel Brühl, "Next Door". Também foram selecionados os filmes "Drift Away", "Bad Luck Banging or Loony Porn", "Fabian - Going to the Dogs", "Ballad of a White Cow", "Wheel of Fortune and Fantasy", "Mr Bachmann and His Class", "I'm Your Man", "Memory Box", "What Do We See When We Look at the Sky?", "Forest - I See You Everywhere", "Natural Light" e "A Cop Movie". O evento virtual de divulgação dos selecionados também serviu para que os organizadores da Berlinale dessem mais detalhes sobre a próxima edição, que foi reformulada e adiada, de fevereiro para o dia 1º de março, por causa da pandemia de Covid-19. A primeira parte do festival será realizada online, com exibição de filmes para quem é da indústria e para a imprensa. Algumas seções disponibilizarão poucos títulos para membros da audiência. Em junho, a seleção de filmes será finalmente exibida ao grande público, em salas de cinemas e em locais a céu aberto, seguindo protocolos de segurança contra o coronavírus.