Fernando Caruso ironiza empresários: "Pega a fortuna e redistribui"

Foto: Reprodução/Instagram (@supercaruso)

Fernando Caruso tem usado suas redes sociais para defender a quarentena durante a pandemia do novo coronavírus. Após o presidente Jair Bolsonaro e alguns empresários, como Roberto Justus, revelarem preocupação com a economia, o ator fez um vídeo ironizando os comentários dos afortunados.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

“Está circulando umas mensagens de empresários considerando que numericamente é mais interessante a gente deixar 7 mil, 10 mil pessoas morrerem para a gente não ter o que eles consideram uma hecatombe econômica. Vou dizer que concordo com eles”, iniciou o ator.

Leia também

No vídeo publicado em suas redes sociais, Caruso diz que teve uma ideia para “menos pessoas morrerem pela economia”. O ator sugeriu pegar uma lista com os mais ricos do país e deixar essa responsabilidade em suas mãos.

“A gente mata só 20 ricos, pega a fortuna deles e redistribui para a galera de mais baixa renda para ajudar esse pessoal a sobreviver nesses 3, 4 meses de quarentena. Fico pensando: é um número melhor ao invés de ter 7 mil, 10 mil mortes, a gente ter só 20. Acho que eles vão concordar. O que vocês acham?”, ironizou.

O ator diz que faz essa proposta com tranquilidade por saber que está bem de vida, mas bem longe de estar entre os 20 mais ricos do Brasil. Alguns entenderam a ironia em sua publicação, outros se sentiram ofendidos e criticaram o artista nas redes sociais.