Fernanda Lima fala sobre benefícios da ioga e meditação

·2 minuto de leitura
Fernanda Lima - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz
Fernanda Lima - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz

Fernanda Lima compartilhou como mantém a calma diante das agitações do dia a dia.

De acordo com o jornal 'O Globo', a estrela, que é casada com o apresentador Rodrigo Hilbert, passou a se dedicar à prática de ioga e meditação depois de perder a compostura em algumas situações de estresse.

"Eu já fui mais invocada, sabe? Bem mais invocada. De brigar por besteira, de me irritar por bobagem, de gritar no trânsito, até por questões que eu achasse que eram justas. Eu lembro que uma vez eu vi um cara jogando um pacote de lanche grandão pela janela do carro. Aí eu peguei o carro, acelerei, fui do lado dele e gritei: 'Seu desgraçado. Tu tá destruindo o planeta'. Aí eu olhei para o banco de trás e vi o filho dele assustado. Aí eu fui embora, e aquilo me fez um mal... Gente, a criança me ouviu falando aqueles absurdos. Por mais que eu estivesse certa, eu acho que a maneira com que a gente pode tentar fazer as coisas tem que ser menos pesada", declarou a beldade.

Fernanda admitiu que "não tem receita" que possa garantir estabilidade emocional, mas acredita que "eleger as prioridades" é o primeiro passo em busca de uma vida mais serena.

"Não tem receita para leveza, principalmente neste momento que a gente está vivendo. Quem está conseguindo ter alguma leveza está sendo heroico. Talvez eu transpareça mais do que eu seja de fato. Mas eu faço um exercício de prioridades. A ioga, a meditação, esse mundo que eu descobri já tem duas décadas, me ajudou muito nesse sentido, de primeiro me estabilizar emocionalmente, me conhecer, me aprofundar um pouco em quem eu sou, como eu sou e onde estão os meus pontos fracos para depois me relacionar com o mundo", finalizou a apresentadora.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos