Felipe Neto alfineta Neymar por falta de posicionamento: "Nem todo mundo se importa"

Emily Santos
·2 minuto de leitura
Felipe Neto cobrou posicionamento do jogador. Foto: Reprodução/Twitter (@felipeneto e @neymarjr)
Felipe Neto cobrou posicionamento do jogador. Foto: Reprodução/Twitter (@felipeneto e @neymarjr)

Muitos artistas e celebridades de posicionaram apoiando as manifestações que aconteceram no domingo (31) em São Paulo e em outras cidades brasileiras, que pediram pela democracia, fim da violência policial contra pessoas negras e fim do sistema social racista. Mas quando muitos gritam pedindo justiça, o que fala mais alto é o silêncio de alguns.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários

Quem apontou isso foi o youtuber e empresário Felipe Neto, que virou assunto nas discussões políticas e sociais desde que decidiu se posicionar de uma maneira mais crítica ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Neto, que já avisou que não seguiria influenciadores e celebridades que não se posicionassem politicamente, apontou que sentiu falta de uma publicação em apoio às manifestações por parte de Neymar Jr.

Leia também

O youtuber mostrou capturas de tela que mostram as publicações do jogador em sua conta no twitter desde 18 de maio, dia que o menino João Pedro, de 14 anos, foi morto durante uma operação policial no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo (RJ). O que chama atenção nas imagens é que nenhuma das publicações faz qualquer referência à morte do adolescente. “Vidas negras importam. Mas nem todo mundo se importa”, escreveu Neto na legenda das imagens.

Até o momento da publicação, a postagem do empresário tinha reunido mais de 10 mil retweets e 74,2 mil curtidas. Em resposta a um das centenas de comentários, o autor da publicação relembrou a falta de posicionamento do jogador em outra situação. “Lembra na época da Amazônia pegando fogo? Até os companheiros de Paris Saint-Germain postaram, menos ele”.