Fazer sexo uma vez por semana ajuda mulheres a viver mais, diz estudo

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

É claro que ninguém precisa de motivos para fazer sexo, mas este pode ser considerado pelas mulheres um dos melhores. Segundo estudo publicado no jornal Psychoneuroendocrinology, fazer sexo uma vez por semana reduz o processo de envelhecimento.

O resultado está associado ao público feminino que ao praticar sexo nessa frequência, aumentam seu telômero, extremidade livre de um cromossomo que protege a integridade do DNA. À medida que as mulheres envelhecem, seus telômeros encurtam e quanto menores forem, maiores são as chances de se desenvolver uma doença degenerativa, que pode resultar em mortes prematuras.

O estudo analisou 129 mulheres e concluiu que aquelas que mantiveram relações sexuais pelo menos uma vez por semana possuíam telômeros mais longos. O resultado foi mantido mesmo quando os pesquisadores consultaram outros fatores como estresse e qualidade de relacionamentos, sugerindo que há uma forte conexão entre uma vida sexual ativa e a extremidade mais longa.

Mas é preciso realizar mais testes, já que as mulheres participantes são todas comprometidas. É preciso analisar uma parcela maior de mulheres, entre elas as solteiras e as que não tiveram filhos. Mesmo assim, já é mais um bom motivo para praticarmos mais sexo.