Fãs de Rosalía levam banho de mangueira para aliviar calor na Europa

Cantora Rosalia performando na turnê Motomami no Wizink Center em julho de 2022, em Madri, na Espanha. (Foto: Mariano Regidor/Redferns)
Cantora Rosalia performando na turnê Motomami no Wizink Center em julho de 2022, em Madri, na Espanha. (Foto: Mariano Regidor/Redferns)

A Europa está registrando altas temperaturas neste verão e os fãs que chegaram cedo na fila para assistir ao show de Rosalía na “MOTOMAMI World Tour” nesta terça-feira (19), em Madri, precisaram enfrentar um calor intenso. Para ajudar o público, a guarda civil enviou caminhões-pipa para refrescar as dezenas de fãs enquanto os portões do estádio não estavam abertos.

Em vídeos publicados nas redes sociais, os fãs informaram que os caminhões-pipa estão circulando no local a cada meia hora para ajudar a diminuir o calor rigoroso na fila. Confira:

Durante o show em Sevilla, Rosalía chegou a interromper a apresentação para pedir ajuda a uma pessoa na plateia que tinha passado mal devido a temperatura alta na casa de show.

A turnê Motomami World passará pelo Brasil no dia 22 de agosto, no Tokio Marine Hall, zona sul de São Paulo. A série de shows passará por 15 países com 46 shows.

Onda de calor deixa centenas de mortos na Europa

Uma onda de calor está atingindo há quase uma semana o sul da Europa e já deixou mais de mil mortos apenas em Portugal e Espanha. Além das vítimas das altas temperaturas, uma série de incêndios florestais estão se alastrando pelo continente.

Segundo dados divulgados pela Direção-Geral de Saúde de Portugal no sábado (16), 659 pessoas morreram em meio à onda de calor, sendo a maioria delas idosos. As temperaturas ultrapassaram a casa dos 40ºC na maior parte do país — com recorde de 47ºC no distrito de Viseu, 300 km ao norte de Lisboa.

Já no Reino Unido, a temperatura alta é um desafio para os britânicos, já que poucas casas possuem ar-condicionado e as construções são justamente feitas para reter o calor.

Com isso, muitos recorrem às praias para aliviar o calor, que pode chegar aos 40º nesta semana, um recorde histórico. De acordo com o serviço meteorológico nacional, o Met Office, a temperatura mais alta registrada oficialmente no país foi de 38,7°C em julho de 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos