Fani descobriu 2ª infecção por Covid-19 ao queimar panela: "Não senti o cheiro"

Giselle de Almeida
·1 minuto de leitura
A ex-BBB Fani Pacheco no
A ex-BBB Fani Pacheco no "Altas Horas". Foto: reprodução/TV Globo

Resumo da notícia

  • Fani Pacheco lembrou como descobriu que havia contraído Covid-19 pela segunda vez

  • A ex-BBB contou que havia queimado uma panela, mas não percebeu o cheiro

  • Ela também perdeu um avô para a doença no ano passado

Fani Pacheco foi infectada com a Covid-19 duas vezes no ano passado: em abril e em dezembro. Na segunda ocasião, a ex-BBB se deu conta de que havia algo errado meio sem querer, durante a preparação de uma refeição.

"Descobri por acaso e provavelmente ficaria assintomática, o que é muito perigoso. Fui ferver uma cenoura, queimei a panela e não senti o cheiro. Corri para sentir o cheiro do perfume, do café e não sentia o cheiro de nada", lembrou ela, em conversa com Serginho Groisman no "Altas Horas" do último sábado (17).

Leia também:

Só então que acendeu o alerta, e ela, que atualmente cursa faculdade de Medicina, procurou atendimento médico. "Corri para fazer exame e no dia seguinte descobri que estava com Covid novamente. Temos que tomar muito cuidado", disse ela, que perdeu o avô com a doença em 2020.

No programa, Fani também lembrou sua participação no "BBB7". Segundo ela, o triângulo amoroso com Diego Alemão e Íris Stefanelli hoje seria considerado "controverso" pelo público.

"Alguns iam gostar, uns iam achar que era machismo, relacionamento abusivo... Mas nós estávamos ali muito intensos um com o outro e éramos muito verdadeiros", declarou.