Famosos lamentam a morte de Pelé

RIO DE JANEIRO, RJ, E SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pelé, o rei do futebol, morreu nesta quinta-feira (29) e não demorou muito para que pessoas de toda a parte do mundo lamentassem a partida do ex-jogador, aos 82 anos, que foi diagnosticado com um tumor de cólon em setembro do ano passado. Internado há um mês no Hospital Albert Einstein, São Paulo, Edson Arantes do Nascimento faleceu por complicações da doença.

No Brasil, personalidades de todas as áreas prestaram homenagens a Pelé. "Tive a chance de trabalhar com ele na Copa de 1994, nos Estados Unidos", lembrou Fátima Bernardes. "Não vou me esquecer da reverência de quem estava no estádio Rose Bowl quando ele chegou à cabine de transmissão da TV Globo. Um orgulho ver um homem preto brasileiro tão adorado e tão respeitado."

"Que ano difícil, quantos amigos se foram", lamentou o diretor Boninho. "Hoje perdemos nosso Pelé, seu sorriso, o gênio da bola. A bola está triste hoje. Vai amigo, descansa."

"Pelé Eterno não é apenas o título de uma cinebiografia, mas sim uma definição de um legado, de tudo que representa esse cara para história", lamentou o ator Lúcio Mauro Filho. "Descanse em paz Rei Pelé", comentou o músico Emicida.

A família ainda não divulgou detalhes sobre o velório, mas uma estrutura foi montada na Vila Belmiro nos últimos dias para receber a vigília. O sepultamento ocorrerá em Santos.