Famosos lamentam morte de Erasmo Carlos: "Adeus ao Tremendão"

Erasmo Carlos no Grammy Latino 2018. Foto: John Parra/Getty Images
Erasmo Carlos no Grammy Latino 2018. Foto: John Parra/Getty Images

Resumo da notícia:

  • Famosos lamentam morte de Erasmo Carlos

  • Cantor morreu nesta terça-feira (22) aos 81 anos de idade

  • Ícone da MPB tratou recentemente de um quadro de síndrome edemigênica

A tarde desta terça-feira (22) foi marcada pela triste notícia da morte de Erasmo Carlos. De acordo com a Quem, o famoso Tremendão deixou aos 81 anos de idade após ser entubado em hospital no Rio de Janeiro. Ele havia tratado um quadro de síndrome edemigênica (desequilíbrio das forças bioquímicas que mantém líquido dentro dos vasos sanguíneos), mas a causa da morte ainda não foi divulgada.

Nas redes sociais, famosos usaram seus perfis para homenagear uma das grandes vozes da música nacional e lamentaram a perda do ícone da Jovem Guarda.

O diretor da TV Globo, Boninho, foi um dos primeiros a se pronunciar sobre o assunto. "Meu adeus ao querido Tremendão. Erasmo leva seu sorriso e o rock para o céu! Saudades", escreveu em seu Instagram.

"'Agora eu choro só, sem ter você aqui'. Perdemos Erasmo, este 'belo rapaz'. Nosso Tremendão! Quanta tristeza!", publicou Maria Bethânia ao relembrar dueto com o astro em show.

Djavan compartilhou uma foto de Erasmo em seu perfil e destacou a dificuldade em lidar com sua perda. "Uma tristeza a partida do Erasmo Carlos, o eterno Tremendão. As despedidas são sempre difíceis, mas além da saudade, ficará o legado desse grande artista. Nosso gigante gentil", escreveu.

Nando Reis abriu o coração sobre a partida do grande nome da Jovem Guarda. "Nosso mundo está desmoronando. Sem Erasmo nada teria acontecido, não haveria “Detalhes”, “Além do Horizonte”, “Sentado à beira do caminho”, “Cavalgada”…Não haveria nada. Erasmo é parte da espinha dorsal do nosso cancioneiro, mestre da minha cartilha de como compor uma canção, astro maior da constelação estelar da Música Brasileira. Que homem admirável perdemos", compartilhou.

Fátima Bernardes relembrou de participação do músico no "Encontro" em 2018 ao som de "Festa de Arromba". "Que dia triste. Mais um. Perdemos o grande Erasmo Carlos. Um ícone da jovem guarda. Um cara moderno na década de 60. Um cara moderno agora. Esteve várias vezes no Encontro. E essa semana, recebeu o Grammy Latino de melhor álbum de rock. Fez o que sabia e gostava até o fim. Meu carinho pra família, amigos e fãs", publicou.

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva usou seu perfil do Twitter para homenagear o Tremendão. "Erasmo Carlos, muito além da Jovem Guarda, foi cantor e compositor de extremo talento, autor de muitas das canções que mais emocionaram brasileiros nas últimas décadas. Tremendão, amigo de fé, irmão camarada, cantou amores, a força da mulher e a preocupação com o meio ambiente", declarou.

Regina Casé relembrou de registro abraçada com Erasmo e seu eterno parceiro, Roberto Carlos. "Cara gigante! Tão grande na doçura quanto no suingue! Artista enorme!Como vai fazer falta nesse abraço. Muitos vivas pro Tremendão!" publicou.

Wilson Simoninha também compartilhou uma declaração ao velho amigo. "Lembrar Erasmo Carlos é lembrar de um pedaço de mim, da minha infância, da Nara, das nossas famílias, das suas canções, sua generosidade, seu bom humor e sua alegria. Deixo aqui meu amor em forma de abraço pro Léo e pra toda a família. Viva o Gigante mais amado do Brasil", publicou.

O ativista Rene Silva, fundador do Voz das Comunidades, também deixou sua mensagem de carinho lamentando a morte do cantor. "Descanse em paz, Erasmo Carlos", comentou.

Edney Silvestre resgatou foto antiga do músico para lembrar dos tempos em que Erasmo conquistou o coração do Brasil. "Era uma vez um jovem que encantou os jovens de minha geração e falou as palavras que a gente não sabia falar", escreveu no Instagram.