Whindersson Nunes, Juju Salimeni e mais famosos lamentam suicídio de blogueira: 'Tempos difíceis'

(Foto: Reprodução/ Instagram @sejjesincera)

O suicídio da blogueira Alinne Araújo, na última segunda-feira (15), chocou o país e os famosos. A jovem se jogou do nono andar do prédio em que morava no dia seguinte a cerimônia de casamento consigo mesma, que aconteceu um dia após o noivo terminar com ela.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Whindersson Nunesque recentemente relatou sua luta contra a depressão comentou: "Julgaram a moça, e agora estão julgando quem julgou. Pelo visto nem a morte ensina. Eu espero profundamente que essa moça encontre a paz em outro plano, e que você aprenda algo nesse. Deus abençoe nesses tempos difíceis.”

Leia também

Mais celebridades comentaram nas publicações da jovem. "Meu Deus que tristeza, que tragédia. Ontem mesmo olhei o insta dela e senti a dor pelo olhar... Que doença maldita que mata a alma!", disse Juju Salimenioutra famosa que revelou lutar contra a depressão.

Alexandra Gurgel, influenciadora e escritora, se revoltou contra os comenteários postados na foto de Alinne. Estou em choque. Mataram ela. Esses comentários mataram ela. O nível de crueldade foi sem medida. Foi tão grande que causaram a morte dela... Uma pessoa que tem depressão severa fazer o que ela fez foi lindo. Foi um ato de amor-próprio. Infelizmente não souberam reconhecer isso e decidiram dar ‘opiniões’. Ódio não é opinião. Ódio mata. Meus mais sinceros pêsames aos familiares.”

O apresentador da Record, Luiz Bacci, foi outro que se manifestou sobre a tragédia: “Um monte de comentário de ódio e raiva postado até a notícia da morte agora foi apagado. Que Deus tenha piedade de cada um que atirou pedra nessa menina. Triste. É o dia em que testemunhamos como a internet ajudou uma menina a se matar. Se não tem o que acrescentar: se cale. Tadinha da moça. Não merecia isso.

Mayra Cardi, coach de emagrecimento, manifestou sua tristeza em seus Stories do Instagram: "Vocês não tem noção do que estão fazendo com as pessoas. Vocês estão matando gente. Pelo amor de Deus, quando isso vai parar? Vocês não tem ideia do que é estar em uma vitrine. Onde vamos parar? Quan tas pessoas vão ter que morrer por conta de imbecis como esses?"

Entenda o caso

Alinne Araújo, de 24 anos, morreu na tarde desta segunda-feira (15), um dia após realizar uma cerimômia de casamento consigo mesma. Segundo parentes, a jovem pulou do nono andar do prédio. No último final de semana a carioca ficou conhecida ao publicar que havia sido abandonada por seu noivo - um dia antes do casamento.

"Vocês sabem a dor de confiar em alguém cegamente e achar que encontrou o companheiro da vida e um dia antes da celebração do amor de vocês a pessoa some? Manda uma mensagem pelo Whastapp e termina todos os sonhos de vocês. Fui pega de surpresa, quis morrer, ele sempre soube da minha condição e não se importou em como eu estaria. Eu recebi a notícia estava dirigindo, tive uma crise no volante, larguei meu carro e me atirei numa via expressa, mas papai do céu á bom e me salvou mais uma vez. Poderia ficar aqui chorando, mas tem uma festa linda me esperando, então hoje caso comigo mesma em nome da minha vida nova. Me desejem sorte. Amo vocês", publicou a jovem no último domingo (13).

Há três meses Alinne fez uma publicação sobre uma tentativa de suicídio que aconteceu após a prova de seu vestido de noiva. "Eu decidi que não queria mais viver. Tomei todos os meus remédios de tarja preta. Fui socorrida rápido, mas parei na UTI. Fui socorrida rápido. Mais uma vez estou tentando passar por cima dessas crises."

"Depressão é uma coisa séria. Tome muito cuidado com o que vocês falam. Prestem atenção nos sinais que as pessoas dão. Ninguém quer morrer, ninguém quer se matar. Às vezes é só um pedido velado. Eu muitas vezes prefiro guardar para mim", relatou a jovem após a crise.