Famosos lamentam morte do apresentador Rolando Boldrin

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os famosos lamentaram a morte do apresentador, músico e ator, Rolando Boldrin, na tarde desta quarta-feira (9), aos 86 anos, em São Paulo. A morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da TV Cultura, lar do Sr. Brasil, programa que ele comandou por 17 anos.

"Perdemos hoje também o gigante Rolando Boldrin, um gigante a serviço da cultura brasileira, obrigado um milhão de vezes mestre. Que a terra lhe seja leve", escreveu o rapper Emicida no Twitter. O músico e ex-VJ da MTV Luiz Thunderbird compartilhou uma foto de Boldrin no Twitter e lamentou sua morte. "Um dia muito triste p\ra cultura. Perdemos o Rolando Boldrin", escreveu o músico.

A cantora Monica Salmaso lamentou a morte do apresentador no perfil dele no Instagram. "Ai meu coração! Boldrin, a pessoa mais linda do universo! Só Luz e amor! Infinito!", escreveu e acrescentou emojis de corações partidos. "Sinto muito pelo Rolando Boldrin que faleceu hoje aos 86 anos. Deus ilumine", tuitou Alexandre Frota.

A cantora e violeira Adriana Farias comentou que Boldrin fará muita falta para a cultura caipira. "Meu lamento profundo, fará muita falta para nossa cultura caipira, com suas músicas, causos e a forma de enaltecer os artistas. Vá em paz caboclão."

O ator Juliano Cazarré compartilhou fotos de Rolando Boldrin e Gal Gosta no Instagram e lamentou as mortes dos dois artistas. "Que Deus os receba em sua infinita glória", escreveu. "Um ser humano único. Um artista completo. Descanse em paz e que Deus conceda paz aos familiares, amigos e fãs. Realmente, um dia muito triste para a arte e a cultura brasileira", disse o padre Reginaldo Manzotti.

A cantora Fafá de Belém compartilhou o trecho de uma participação no programa do apresentador e lamentou a morte. Ela disse que esse momento ficará guardado para sempre na sua memória. "Sábio, gentil, e que, seja como ator, apresentador, cantor ou contador de causos, faz parte da vida de todos nós. Um homem de importância inestimável para a cultura brasileira."