Maternidade: entenda por que famosas optaram pelo congelamento de óvulos

Redação Vida e Estilo
Karina congelou os óvulos e assim teve Enrico, seu primeiro filho (Reprodução/Instagram/@karinabacchi)
Karina congelou os óvulos e assim teve Enrico, seu primeiro filho (Reprodução/Instagram/@karinabacchi)

O congelamento de óvulos não é um procedimento novo, mas nem todo mundo sabe que é algo muito mais acessível do que há alguns anos – ainda que seja um procedimento de alto custo, com valores que podem variar de R$ 10 mil a R$ 20 mil. Mas, com o aumento expressivo de mulheres que se dedicam muito às suas carreiras, também houve o aumento da procura de pessoas que gostariam de postergar a maternidade e assim, um crescimento na procura de congelamento de óvulos.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Leia também

Um caso famoso que deu certo foi o da atriz e modelo Karina Bacchi. Ela, que também tem um canal no YouTube, contou aos seguidores que congelou seus óvulos aos 35 anos, para poder ter chances de engravidar aos 40 – o que de fato, aconteceu, com seu primeiro filho Enrico.

Para quem é indicado

Naturalmente, o corpo da mulher foi programado para produzir uma quantidade específica de óvulos durante seu período fértil. Até por isso que, após determinada idade, algumas mulheres não conseguem mais engravidar ou têm grandes dificuldades. Acontece que muitas atualmente optam por postergar a maternidade, algo que muitas vezes ocorre após os 35 anos, que é a idade considerada biologicamente ideal para conceber um bebê.

Para essas que gostariam de adiar um pouco a maternidade, é possível realizar o congelamento de óvulos. O congelamento é um procedimento relativamente simples e que pode ser realizado em clínicas de fertilização.

37 anos é considerada a idade limite

O recomendado é que a coleta seja feita até os 35 anos, quando a qualidade dos óvulos está alta, com o limite de 37 anos. O interessante é que, por estarem congelados, mesmo que a mulher decida engravidar com 40 anos, as chances permanecem as mesmas de quando ela tinha a idade em que foi feito o congelamento.

O procedimento também é feito por mulheres que tiveram alguma complicação de saúde, como as que enfrentam tratamento contra o câncer, que impossibilita a gravidez posteriormente. Nesses casos, a mulher congela óvulos antes de iniciar o tratamento intensivo contra o câncer para poder, se quiser, engravidar posteriormente quando estiver curada.

Conheça algumas famosas que decidiram aderir:

Camila Rodrigues

A atriz fez o congelamento aos 34 anos. "Eu estava numa idade chave e uma amiga me falou sobre o congelamento. Não sabia se eu queria ter filho em um ou cinco anos, então, congelei para poder decidir sem pressa", disse.

Monique Alfradique

A atriz também optou por congelar os óvulos pelo mesmo motivo que Camila: “Mulheres a partir dos 30 anos têm menos chances de engravidar. E se você tem esse desejo e é uma ‘workaholic’, como eu, precisa se organizar quanto a isso”, disse ela, em entrevista à Marie Claire, afirmando que tem desejo de ser mãe, mas não no momento.

Sabrina Parlatore

A apresentadora, cantora e ex-VJ da MTV contou ter congelado seus óvulos em 2015, antes de se submeter a um tratamento de quimioterapia, decorrente de um câncer de mama. Até então Sabrina ainda não se decidiu engravidar.