Famosas apoiam Paolla Oliveira após vazamento de fotos: 'Machistas não passarão'

Camila Pitanga, Thaila Ayala e Dadá Coelho repudiaram vazamento de fotos de Paolla (Reprodução/ Instagram/ @paollaoliveirareal)

Vítima de uma vazamento de fotos em que aparece nua durante as gravações da série “Assédio”, Paolla Oliveira recebeu apoio das colegas de profissão Camila Pitanga, Thaila Ayala e Dadá Coelho. As atrizes compartilharam o post em que a roteirista e diretora Vera Egito informava que o autor do crime não trabalharia mais com ela. “Ao assistente de câmera e operador de steadycam que fotografou sem autorização uma atriz se trocando no set e espalhou as fotos na internet: comigo você não trabalha mais”, diz a imagem compartilhada pelas famosas. “Estamos juntas, Paolla Oliveira. Machistas não passarão”, escreveu Camila Pitanga ao compartilhar o post. “Que selvageria!”, postou Dadá Coelho. “Não mais”, legendou Thaila Ayala. Leia mais: Globo quer Isis Valverde e Kéfera na próxima novela das 18 horas Gracyanne Barbosa detona fã que criticou relação de Belo com a filha Além da imagem, Vera Egito também escreveu um texto pedindo mais inclusão nos sets de gravação. “Apesar da concordância verbal deixar claro que está se falando de um único profissional, por inbox uma pessoa demonstrou dúvida sobre se havia sido uma dupla em ação. Portanto, explico: esse crime específico foi cometido por um só homem, operador de steady, que no passado foi assistente de câmera. Entretanto, é bom lembrar que a fotografia e as equipes de câmera são o nicho mais machista do audiovisual: apenas 8% das obras em 2017 teve mulheres como diretoras de foto (todas brancas). Gafers, assistentes, operadores, eletricistas: é o clube do bolinha. Então, a reflexão aqui é a seguinte aos profissionais de fotografia: combatam o machismo em suas equipes, sejam inclusivos, preocupem-se com a diversidade no local de trabalho e entendam que esse caso que é específico reflete um machismo que é generalizado“, escreveu a diretora.