Falhas técnicas e irregularidade de Muriel vêm machucando o Fluminense, mas troca é improvável

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

A vitória de virada por 2 a 1 sobre o Internacional, no Beira-Rio, serviu não só para recolocar o Fluminense nos trilhos e na zona de classificação à próxima Libertadores, mas também para restabelecer a tranquilidade nas Laranjeiras. Mas 'calmaria total' é algo irreal quando falamos de clubes grandes do futebol brasileiro, principalmente aqueles que estão há longo tempo na fila por títulos ou amargando anos consecutivos de campanhas ruins, exato caso do Tricolor.

Após a partida contra o Colorado em Porto Alegre, um debate que já se estende há muito nas redes sociais, ganhou ainda mais força entre torcedores do Fluminense: a titularidade de Muriel. Apesar do resultado final ter 'limpado a barra' do goleiro, o camisa 27 tricolor cometeu mais um erro técnico grave neste confronto, rebatendo de manchete uma finalização rival para dentro da sua própria área. Na sobra, o atacante Maurício acabou estufando as redes do clube carioca.

2020 Brasileirao Series A: Internacional v Fluminense Play Behind Closed Doors Amidst the | Getty Images/Getty Images
2020 Brasileirao Series A: Internacional v Fluminense Play Behind Closed Doors Amidst the | Getty Images/Getty Images

Se fosse um erro esporádico, não havia maiores repercussões pois todos estão sujeitos a isso, até mesmo o melhor goleiro do mundo na atualidade, Manuel Neuer. Contudo, trata-se de uma falha repetida à exaustão em 2020, a ponto de um perfil de torcida do Fluminense preparar um compilado das falhas do arqueiro desde sua chegada às Laranjeiras. No vídeo, é possível perceber que lances como esse são o 'calcanhar de Aquiles' do titular: chutes de média/longa distância e movimento técnico equivocado na hora de realizar a defesa.

O que mais preocupa o torcedor tricolor no caso de Muriel é que esta deficiência em seu jogo já foi mapeada e apontada há muito, mas não houve nenhuma evolução aparente do arqueiro neste fundamento. Cria da base do Fluminense, o reserva imediato Marcos Felipe não foi brilhante ou genial nas chances recebidas, mas se mostrou menos oscilante/instável que o camisa 27. Mesmo assim, não dá para imaginar uma troca de titularidade na meta tricolor com a temporada já chegando ao seu mês de novembro: conhecido por ser agregador, Odair Hellmann dificilmente mexerá no 'time que está ganhando', ainda que os erros de Muriel sigam machucando o clube das Laranjeiras.