Falhar no primeiro teste de direção nos torna melhores motoristas, diz estudo

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Quem nunca falou no primeiro teste de volante, que atire a primeira pedra. Principalmente pelo nervosismo diante da pressão, muitas pessoas não conquistam de primeira a habilitação e segundo estudo, isso pode ser um bom sinal para se tornar um bom motorista.

Leia mais: Motorista do Uber descobre que estava sendo traída ao levar amante na casa do namorado

A marca de seguros automotivos Ingenie fez uma pesquisa sobre como seus clientes dirigem analisando a velocidade, aceleração, freagem e estabilidade em curvas. Todos esses fatores foram denominados em uma escala de 100, com intenção de mostrar a motoristas iniciantes que falhar no primeiro teste é uma vantagem.

Em média, os condutores que passaram no primeiro teste alcançaram uma pontuação de 78, enquanto os que já estavam em sua quarta tentativa, marcaram 84 na escala de 100. “Todos temos um amigo ou familiar que afirma ser melhor motorista porque passou no primeiro teste e muitos cnsideram isso uma honra. No entanto, nossas pesquisas mostram o contrário”, diz Mike Ketteringham, CEO do site.

Leia mais: Desempregada, atriz de ‘Maria do Bairro’ vira motorista de Uber

“Isso não só coloca um fim nessa visão difundida de que quem passa na primeira dirige melhor, como também destaca que bons motoristas são aqueles que superam o fracasso e se beneficiam gastando mais tempo atrás do volante como resultado’, completa.