Facebook compra plataforma de compartilhamento de GIFs por US$ 400 milhões

Giphy, maior plataforma de compartilhamento de GIFs da internet, agora pertence ao Facebook. Foto: Divulgação / Giphy

O Facebook confirmou nesta sexta-feira (15) a compra da empresa de tecnologia Giphy, responsável pela maior plataforma de compartilhamento de GIFs da internet. Segundo o portal Axios, a negociação custou US$ 400 milhões - equivalente a mais de R$ 2,3 bilhões em conversão direta.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

De acordo com informações da imprensa norte-americana, o plano da empresa de Mark Zuckerberg é integrar o Giphy aos outros aplicativos do conglomerado, como o próprio Facebook, o Instagram, o Messenger e o WhatsApp.

Leia também

Todos os apps do Facebook já contam com a API do Giphy, permitindo uma integração parcial com a plataforma de GIFs. Segundo o conglomerado, 50% de todo o tráfego ao banco de GIFs do Giphy vêm de aplicativos da rede do Facebook.

Além dos apps do Facebook, outras redes sociais e aplicativos rivais também contam com a API da plataforma, como Twitter e TikTok. Mas, por ora, a empresa de Zuckerberg não vai cortar a conexão desses apps rivais ao Giphy.

"As pessoas ainda poderão fazer o upload de GIFs; desenvolvedores e parceiros continuarão tendo o mesmo acesso às APIs de Giphy; e a comunidade criativa ainda poderá criar seu ótimo conteúdo", disse Vishal Shah, vice-presidente de produto do Instagram, o novo "chefe" do Giphy, em nota.

Na prática, a equipe do Giphy será integrada ao time que cuida do Instagram. A princípio, o trabalho dos novos contratados é tornar mais prático o compartilhamento de GIFs em stories e mensagens diretas. Por enquanto, os aplicativos e o site do Giphy não serão modificados.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.