"Fábrica fechada”: 5 famosos que fizeram vasectomia; como funciona

·4 minuto de leitura

Um dos métodos contraceptivos definitivo para os homens é a vasectomia. O procedimento simples é realizado por um pequeno corte de 2 centímetros acima dos testículos, que desliga o canal deferente, túnel onde passam os espermatozóides, deixando o homem estéril. Apesar de nada complexa, o assunto é tabu e motivo de piada nas rodas masculinas. Sem informações, muitos acreditam que a cirurgia pode causar a queda da libido e até problemas de ereção, deixando a pessoa "broxa".

Indicada para pessoas acima de 25 anos, o procedimento é visto por especialistas como uma maneira eficaz para quem não tem o desejo de ter filhos biológicos. Doutor pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Membro Titular da Sociedade Brasileira de Urologia, o urologista Danilo Galante explica que qualquer assunto relacionado à sexualidade masculina ainda enfrenta resistência. 

Leia também

“Tabu e preconceito acontece em qualquer tema que mexa com testículos e pênis, não só com a vasectomia, mas em qualquer outro que envolva sexualidade. Apesar da vasectomia não mexer na sexualidade, mas na fertilidade, a maior parte dos pacientes não tem informação disso”, explica.

Com uma cirurgia de trauma mínimo, Galante explica que só o canal de fertilidade é desligado. “A estrutura do corpo não muda absolutamente nada. Nenhuma alteração em relação à ereção, libido, e vontade de ter relação sexual, a sexualidade não muda. O que vai mudar é a quantidade de espermatozóide porque o sémen diminui em ⅓ em volume e também a viscosidade. Nada muda do ponto de vista hormonal, os níveis de testosterona são mantidos, assim como qualquer outro nível de hormônio. No fundo, nada muda para o homem, só essa passagem do canal.”

A preparação do paciente precisa partir primeiro do ponto psicológico. “Precisa ser conversado antes, qualquer desacordo entre o paciente e a companheira precisa ser trabalhado. A vasectomia é indicada para quem não deseja ter filhos de forma definitiva, para quem não quer pensar mais sobre filhos. Apesar de haver reversão da vasectomia, quem faz deve ter consciência de que ela pode nunca mais ser revertida. Não é como o DIU nas mulheres, que, se ela quiser engravidar, ela tira. Por lei, homens acima dos 25 anos podem fazer o procedimento, não precisa nem ter filho, basta ter o desejo por mais de dois meses de não querer ter filhos.”

Como o procedimento é simples, a recuperação tende a ser rápida e com pouco incomodo. “A cirurgia dura cerca de uma hora, com mínimo trauma, pode ser realizada tanto em consultório quanto em centro cirúrgico. A gente pede para o paciente ficar sem relação sexual por 10 dias. Atividades gerais como trabalhar já no dia seguinte, exercícios mais intensos só depois de sete dias.”

Tem reversão?

Recentemente, Zezé Di Camargo anunciou que iria tentar a reversão do procedimento para ter um filho com a atual mulher, a influencer Graciele Lacerda. Mas o casal adiou os planos por conta da pandemia do novo coronavírus. Galante explica que, apesar da chance de reversão, a vasectomia deve ser encarada de forma definitiva.

“Para ser desfeita, o procedimento é obrigatoriamente feito em centro cirúrgico com microscópio, que tem melhores resultados. Temos estatísticas que são: até cinco anos de cirurgia, 90% de chance de sucesso; entre cinco a dez anos, essa chance cai para 60%; entre dez a quinze, cai para 30%; acima de 15 anos, menos que 30%, a gente não sabe ao certo o quanto”, finaliza.

Veja cinco famosos que fizeram o procedimento e “fecharam a fábrica”:

Rodrigo Faro

Em agosto de 2017, Rodrigo Faro confirmou que passou por cirurgia de vasectomia. Nas redes sociais, o apresentador publicou uma foto com gelo nas partes íntimas e contou que estava em recuperação. Casado há 18 anos com Vera Viel, eles são pais de três meninas: Maria, Clara e Helena.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Márcio Garcia

O apresentador Márcio Garcia também recorreu à cirurgia de vasectomia. Ele é casado com a nutricionista Andréa Santa Rosa, e são pais de Pedro, Nina, Felipe e o caçula, João. Marcio revelou o procedimento em uma entrevista para a revista Caras, em 2016. “Fiz uma vasectomia há uns sete meses mais ou menos. A cirurgia é reversível em cinco anos. Mas já preenchi minha cota. Vou esperar os netos.”

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ronaldo Fenômeno

Pai de quatro filhos, o ex-jogador e empresário contou num bate-papo com a colunista Mônica Bergamo que também realizou o procedimento, em 2010. “Eu já ‘fechei a fábrica’. Liguei os canais, fiz vasectomia”, disse ele à publicação.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Luciano Camargo

O sertanejo Luciano, irmão de Zezé, precisou recorrer a uma fertilização in vitro com a esposa Flávia Fonseca, em 2009. Na época, o músico tentou reverter a vasectomia, mas não teve sucesso. Em 2010, nasceram as gêmeas Isabella e Helena, hoje com 10 anos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Roberto Carlos

A atriz Myrian Rios foi a responsável por revelar o procedimento realizado pelo cantor ainda nos anos 1980. Em entrevista ao programa "Na Lata", em 2019, ela contou que seu casamento com o cantor acabou em 1989 porque ele não podia ter filhos. “Ele fez vasectomia, e eu queria ter filhos, ser mãe, aí eu soube [da vasectomia], ele não me contava. Ele não sabia que eu sabia. Não foi fácil separar. Eu me separei sofrendo, amando. Ele me amando, e eu o amando. Não separei porque eu não gostava dele mais, separei amando."

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos