Em novembro, Fábio Porchat revelou infertilidade e medo do "para sempre" com filhos

Fábio Porchat é apresentador do
Fábio Porchat é apresentador do "Que História é Essa, Porchat?", no canal GNT; humorista anunciou o fim do casamento com Nataly Mega e falou como a questão sobre ter ou não filhos afetou a relação (Foto: Juliana Coutinho/Divulgação)

Fábio Porchat anunciou, na sexta-feira (13), o fim de seu casamento com Nataly Mega. Segundo o comunicado do humorista, a questão de ter ou não ter filhos pesou para o fim do relacionamento de oito anos.

"Filho é um assunto muito sério e uma decisão imutável. E nesse momento cada um de nós parte para um lado. Tendo a certeza de que o carinho e a admiração mútua permanece", escreveu. No entanto, essa não é a primeira vez que Porchat fala sobre a divergência no casamento em relação a filhos.

Em entrevista ao podcast "Quem Pode, Pod", de Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme, em novembro do ano passado, o ator havia confessado que não tinha vontade de se tornar pai. Porém, ser mãe era um desejo de Nataly:

"Antes de a gente namorar, quando a gente ficou, sabendo que eu não queria ter filho, ela me falou: 'se você não quiser ter filhos, você vai me avisar agora, porque eu quero ter filho, quero ser mãe'", relembrou o humorista.

No papo, Porchat afirmou que, mesmo sem a intenção e apenas pela curiosidade, acabou fazendo um teste de fertilidade e descobriu que não poderia ter filhos naturalmente, apenas através de inseminação artificial, o que resultou na decisão de congelar o seu material genético para o caso de mudar de opinião:

"Deu uma contagem baixíssima. Isso não tem a ver com a quantidade de esperma que sai, mas sim com a quantidade de espermatozoide. Para um homem ter filho naturalmente, normalmente, ele pode ter de 150 milhões a 50 milhões de espermatozoides. O meu deu tipo 2 milhões. Baixíssimo. O cara falou que pra ter filho de forma natural tem que ser um milagre divino”, disse.

Porém, na ocasião, o ator afirmou que viu o resultado como algo positivo, já que facilitaria alguns processos dentro de seu casamento, como a preocupação com uma gravidez indesejada. Porchat ainda declarou que a paternidade o assustava por ser algo "para sempre":

"O que me dá medo é o para sempre. O para sempre me irrita muito. Eu não quero uma coisa de fora atrapalhando o andamento da minha vida, que está ótima".

Fim do casamento

Em seu perfil no Instagram, Fábio publicou uma foto ao lado de Nataly e escreveu: “Para uma relação amorosa ser boa ela não precisa ser pra sempre. Ela precisa ser verdadeira. Vivemos oito anos maravilhosos juntos. Só temos boas lembranças e um sentimento muito forte um pelo outro. O amor não acabou, mas os caminhos tomaram rumos diferentes”.

O site “Metrópoles” já havia adiantado a informação do fim do casamento e que o término teria acontecido por Porchat não querer ter filhos, diferente da parceira. O apresentador confirmou a informação na postagem. ”Filho é um assunto muito sério e uma decisão imutável. E nesse momento cada um de nós parte para um lado. Tendo a certeza de que o carinho e a admiração mútua permanecerão”, declarou.

Porchat ainda revelou que eles continuarão trabalhando juntos e este ano, ele será o protagonista de um filme produzido pela Framboesa, empresa de Nataly, e garantiu: “Seguiremos juntos mesmo separados”.

“Está sendo muito difícil desde novembro quando começamos a tomar decisões. Íamos esperar até depois do carnaval para falarmos publicamente, mas a vida é assim. Te amo, Nataly. Infinéto! Você merece o mundo. E filhos lindos!”, completou.

Nataly republicou o comunicado em suas redes sociais e acrescentou: "É sempre difícil encerrar um ciclo que foi tão bom e tão feliz, mas a amizade, o amor e a admiração estarão sempre aqui, por tudo o que vivemos e por tudo que você é. Tenho certeza que ainda estaremos próximos, torcendo um pelo outro e sempre buscando a felicidade", declarou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.