Fã nega ter sido destratado por Gal Costa: "Um dos melhores momentos da minha vida"

Cantora Gal Costa em perfomance no Palau de la Musica em Barcelona, Espanha, em julho de 2005. (Foto: Jordi Vidal/Redferns)
Cantora Gal Costa em perfomance no Palau de la Musica em Barcelona, Espanha, em julho de 2005. (Foto: Jordi Vidal/Redferns)

A reação de Gal Costa ao ver a quantidade de discos que um fã levou para ela autografar viralizou nas redes sociais. Muitos apontaram que a cantora estava com pouca paciência durante a interação, que aconteceu no último domingo (24), nos bastidores do Festival de Inverno de Garanhuns, em Pernambuco, mas Ezequiel Bezerra, de 26 anos, dono da coleção, garante que não foi bem assim.

Fã da artista há muitos anos, Ezequiel, que já foi até conhecido como “Pérola Negra”, em referência a faixa do disco “Minha História” (1993), descreve o encontro com Gal como “um dos melhores momentos de sua vida”.

“Eu não achei que ela estava de saco cheio. Pelo contrário, achei ela super simpática, super gentil. Eu não tenho palavras pra descrever a pessoa que Gal Costa é e como ela me tratou ontem”, garantiu em entrevista ao Yahoo.

Formado em Direito, o rapaz de Recife, Pernambuco, conta que ela assinou treze discos e ainda faltam cerca de vinte de sua coleção pessoal para assinar. No entanto, conhecer e assistir ao show ao vivo de Gal pela primeira vez já valeu a pena. “Foi como se aquele show fosse produzido especificamente para mim. Foi algo muito marcante”, contou.

Ele só não esperava que esse momento tão especial fosse viralizar nas redes sociais: “Parecia que eu estava vivendo num sonho, porque eu não pensei que eu fosse ficar tão famoso assim em questões de minutos”. A grande repercussão chegou acompanhada de comentários negativos, mas nenhum deles o abalou.

“Fiquei muito surpreso quando o vídeo viralizou de verdade. Eu nem acreditei”, afirmou. “Eu não me importei com alguns comentários maldosos das pessoas porque aquele momento foi único e foi meu. Né? Foi um momento que realizei o meu sonho e muita gente queria estar no meu lugar”.

Como Ezequiel disse no encontro com Gal, dos seus maiores sonhos, agora só resta passar na OAB. Mas conta que também planeja concluir sua coleção: “A saga continua para autografar e conhecer outros artistas que eu também sou apaixonado, como Roberto Carlos, Alcione e Maria Bethânia.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos