Fãs de Migos reclamam de troca por Jota Quest no Rock in Rio: 'Minha mãe ouve isso'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os fãs do trio de trap Migos, que cancelou sua participação no Rock in Rio deste ano, não gostaram da escolha do substituto, o Jota Quest. O grupo de Atlanta se apresentaria no palco Mundo, o principal do festival, neste domingo (4).

Luan, carioca de 20 anos, veio para ver o Migos, e quando o trio cancelou, pensou em vender o ingresso. "Gosto do Justin [Bieber, headliner do dia], mas queria mesmo era ver o Migos. [Os rapper] Offset e Quavo são os mais brabos." Para ele, o Migos é o "melhor do trap internacional". "Aí chegou na hora, dias antes, não vai ter. Fiquei puto, pensei em vender o ingresso. Fiquei muito chateado."

Ele diz que ouvia Jota Quest com a família. "São bons, mas não é minha vibe."

Lucas, 19, e Taísa, 17, também reclamam do cancelamento. "Achei horroroso, uma merda", ela diz. "E [botar o Jota Quest] foi horrível também. Nem escuto."

Ele comenta que nem conhecia o grupo mineiro liderado por Rogério Flausino. "Nem sabia que era banda, achava que era um cara só. Podiam botar alguém do trap. Jota Quest é o que? Rock?"

Guilherme, 23, e João, 21, acharam um descaso. "Lesaram quem comprou. Compramos na época que tinha Migos. E, sinceramente, não colocou um substituto à altura. Jota Quest? Minha mãe ouve isso", diz o mais novo.

Já Guilherme sugere que preferia ver Filipe Ret no lugar do Migos. "Por que não dão opção para um cara do rap brasileiro chegar? O pessoal minimiza o rap brasileiro."