• Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Assunção diz que parou de beber para evitar recaída: "Medo me acompanha"

·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Atualmente no ar como o galanteador empresário Arthur de ‘Totalmente Demais’, o ator Fábio Assunção, 48, revela que decidiu não ingerir uma gota de álcool esse ano para evitar recaída para outras drogas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

De acordo com ele, a quarentena trouxe um novo olhar sobre a sua vida. “Essa é uma questão que pauta a vida de qualquer pessoa que tem compulsão. O medo me acompanha sempre. Sei que não posso dar brechas e que há situações em que preciso ser firme e dizer não. Por exemplo: posso beber, mas tomei a decisão este ano de não ingerir nenhuma gota de álcool”, disse ele em entrevista à ‘Veja’.

Leia também

Preparando-se para fazer um personagem em 2021 em série da Globo, ele já perdeu mais de 30 kg e tem se dedicado a uma nova rotina de treinos. A boa forma do ator Fábio Assunção vem impressionando internautas e não é de hoje. Já faz alguns meses desde que o artista decidiu levar uma vida mais saudável, com alimentação regrada e exercícios físicos.

Mas na noite de quinta (16), o personal trainer do ator, Chico Salgado, responsável por acompanhar a transformação, publicou uma foto do ator com a barriga trincada e aproveitou para fazer um desabafo sobre a evolução de Assunção nos últimos dez meses. “Adoramos compartilhar a derrota e o fracasso principalmente se existe algum tipo de evidencia na pessoa”, inicia o texto, compartilhado em sua rede social.

O ator também diz estar 100% na quarentena. O artista diz ter usado esse tempo fora dos holofotes para estudar e se encontrar. De acordo com ele, não há como ter depressão nesse momento.

“Não fiquei deprimindo. Comecei a estudar italiano, continuei com minhas aulas de inglês e estou aprendendo até iorubá (língua africana). Estou buscando o conhecimento. A quarentena me abriu um caminho espiritual maravilhoso”, disse ele em live do Canal Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos