Humberto Martins relata experiência com uso do viagra: 'Cabeça ia explodir'

Humberto Martins relatou perrengue com uso de viagra (Foto: TV Globo/Imprensa Globo)
Humberto Martins relatou perrengue com uso de viagra (Foto: TV Globo/Imprensa Globo)

Resumo da Notícia:

  • Humberto Martins revelou que já fez usou de viagra

  • Ator passou por um sufoco na única vez que ingeriu o medicamento que ajuda na ereção

  • Um dos maiores galã da televisão na década de 1990 e 2000, artista falou sobre a fama de namorador

Escalado para a novela "Travessia", Humberto Martins, 61 anos, relatou uma experiência com uso do viagra. Em entrevista ao podcast Papagaio Falante, o ator foi questionado sobre o uso de estimulantes sexuais e confessou que utilizou uma vez, mas que sofreu com os efeitos colaterais.

"Tomei uma vez isso, mas passei mal, parecia que a cabeça ia explodir", contou o veterano. Durante o bate-papo, Humberto Martins relembrou quando posou nu para uma revista masculina nos anos 2000. O artista explicou ter aceitado fazer o nu frontal por conta do cachê e por perceber que a revista era séria.

"Era uma coisa chique, fina... Claro que eu não ia fazer se fosse uma coisa chula e desproposital. Tanto que eu fui quem montou o roteiro das fotos. Não ia tirar a roupa gratuitamente. Como eu sempre fico pelado no veleiro quando viajo...", disse, referindo-se ao cenário escolhido para a sessão de fotos.

Humberto Martins comentou também sobre a fama de namorador e mostrou que tinha as suas táticas na hora da conquista. "Eu tinha uma namorada, uma das gatas que eu saía, naquela época eu era bastante namorador... E você não ganha ninguém, você sente o sinal verde da mulher. O homem que acha que ganha alguém é um idiota. Você percebe [o sinal] e ok... Se [você] não for é um idiota, otário que não percebeu a coisa. Hoje não existe mais nada disso, hoje estou tranquilão, aposentado", declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos