Existe humor em Cuba: 5 exemplos que desmentem mito sobre a ilha

Rafael Monteiro
·3 minuto de leitura
Pánfilo ganhou a simpatia dos Castro e até de Barack Obama (reprodução)
Pánfilo ganhou a simpatia dos Castro e até de Barack Obama (reprodução)

O humorista Marcelo Adnet foi o entrevistado do Roda Viva nesta segunda-feira (17). Em um dos momentos mais repercutidos na internet, Marcelo Tas, um dos convidados para a bancada, constrangeu o público e o artista da TV Globo, autodeclarado um homem de esquerda, com a pergunta: "você nunca reparou que não existe humorista em Cuba?".

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A fala de Tas, apesar de facilmente desmentida com uma busca simples no Google, esconde uma oportunidade para desmitificar a ilha comandada há mais de quatro décadas pelos irmãos Castro. Apesar dos inúmeros problemas que o país enfrenta, sempre houve humor por lá - inclusive crítico ao governo. Para quem duvida, mostramos cinco exemplos notórios abaixo:

Pánfilo

Luis Silva, o Pánfilo, é um dos humoristas mais famosos de Cuba. Formado em Ciências da Computação, o humorista é conhecido por trazer reflexões sobre as condições sociais do país em suas sátiras. Mesmo bastante crítico, ele conquistou a simpatia dos irmãos Castro - diz a lenda que Fidel, quando vivo, não perdia um Vivir del Cuento, programa de Pánfilo na Televisión Cubana - e até mesmo de Barack Obama, com quem jogou dominó durante a visita do ex-presidente estadunidense à ilha, em 2016.

Juan dos Mortos

Neste filme de humor, vencedor do Prêmio Goya de Melhor Filme Ibero-Americano em 2013, Havana é infectada por uma multidão de zumbis famintos. A população, claro, imagina que a maldição é culpa dos Estados Unidos - até os personagens perceberem que o regime da ilha tem muita culpa no caso. Sim, o filme de Alejandro Brugués (bastante elogiado inclusive pela crítica brasileira) faz uma crítica dura ao governo cubano (repare na foto de Che Guevara modificada no vídeo acima) e não foi censurado.

Stand-up

Cuba tem uma cena fértil de comediantes stand-up. Um dos grandes nomes do país neste segmento é Robertico Riverón. Abertamente inspirado em Guillermo Álvarez Guedes, humorista histórico cubano, o artista tem feito sucesso em toda a América Latina com shows que abordam geralmente problemas familiares e sexuais dos homens.

José Tellez

José Tellez, um dos humoristas célebres de Cuba, virou notícia em sites internacionais como uma das pessoas que superou a covid-19 na ilha. Em seu país-natal, o artista protagoniza há anos esquetes, digamos, menos elaboradas que os outros citados do texto - como mostra o vídeo acima, elas lembram muito as pegadinhas do programa do João Kléber.

Palanganeando

Existe youtuber em Cuba? Apesar das restrições de internet (há poucas zonas públicas com sinal), a resposta é sim. E um dos exemplos de maior sucesso é o trio Kevin, José e Anel, três amigos que formam o canal Palanganeando, onde protagonizam esquetes, paródias, entrevistas e monólogos sobre o cotidiano local e principalmente a música que toca na região.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube