Ex-diretor da Band é acusado de racismo após criticar Maju e Thelma do 'BBB'

O rapaz disparou críticas contra Thelma e Maju em uma live (Foto: Reprodução/Globo/Instagram)

Rodrigo Branco, que já dirigiu programas de TV na Band, criticou a jornalista Maju Coutinho e a participante Thelma, do ‘BBB 20’, em uma live com a influenciadora Ju de Paulla na noite desta segunda-feira (30). Os comentários dele foram considerados racistas por boa parte do público.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Os dois falavam sobre o ‘Big Brother Brasil’ quando Rodrigo disse que não torceria por Thelma. “A Thelma nem pensar. Gente, posso falar uma coisa? Torcer pela Thelma é racismo”, disse ele.

Ju de Paulla ficou horrorizada e afirmou que Rodrigo seria bastante criticado se continuasse falando dessa forma, mas o rapaz prosseguiu com o seu pensamento. “Não vou nada. Porque é o seguinte, todo mundo está votando nela porque ela é negra coitada”, rebateu o ex-diretor de Márcia Goldschmidt.

Leia também

Segundo ele, Thelma ganhou uma “provinha de resistência” (a participante ficou 26 horas disputando a liderança) e “ficou se achando, humilhando todo mundo”. A influencer disse que não é bem assim e explicou que Rodrigo não deve assistir ao programa.

Para justificar seu pensamento sobre Thelma, Rodrigo citou a jornalista Maju Coutinho, âncora do ‘Jornal Hoje’. “Ela é péssima, ela é horrível. Ela fala tudo errado, eu assisti hoje. Ela só está lá mesmo por causa da cor. É o oposto. Qual foi a carreira dela? Foi ela ser xingada: ‘todos por Maju’. Ela não tem uma carreira”, disparou o ex-diretor.

Não demorou muito para o nome de Rodrigo Branco ficar entre os mais comentados do Twitter. Muitos chamaram o rapaz de racista. Após a repercussão, ele veio a público dizer que foi corrigido por amigos e reconheceu que foi racista.

“Sempre falo o que eu penso. Várias vezes já falei besteiras. Mas eu mudo de ideia. Ignorante é não mudar de ideia. Falei um monte de merda, não falei nada como eu penso. Eu queria falar uma coisa e falei outra. Fui racista e tenho que assumir quando a gente fala merda”, explicou.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário