Ex-bailarina do Faustão, Ju Valcézia fala de demissões: 'Existe vida fora da Globo'

Foto: Reprodução/Instagram (@juvalcezia)

Conhecida pelo tempo em que trabalhou no balé do Faustão, Ju Valcézia participou da última edição do ‘Power Couple Brasil’ ao lado do marido Ricarddo Manga. A loira estava confinada em Itapecerica da Serra quando a Globo demitiu 11 bailarinas do programa dominical.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Ju Valcézia, porém, não ficou surpresa com a notícia. “Acho natural. Faz parte do ciclo. Tem um período de aprendizado e é natural que se tenha um fim para começar algo novo”, diz ela, que vê um futuro positivo para as amigas que ficaram desempregadas recentemente.

Leia também

“Tem que levantar a cabeça. Existe uma vida fora da Globo e estou aqui para provar isso. Aquilo ali não é o fim do mundo. Vamos levantar, começar uma nova fase, aprender coisas novas. Faz parte do aprendizado. Na vida a gente vai tomar não, mas isso vai fortificar a gente, ajudar a persistir e se dedicar”, avalia a dançarina.

Em quarto lugar na disputa de casais da Record, Ju Valcézia acredita que participar de um reality foi a experiência mais maluca de toda a sua vida. “Ficar sem celular quase 90 dias, longe da família, foi surreal. A gente aprendeu muito”, diz ela.

Ju e Manga chamaram a atenção de Gugu com seus jeitos leves e o vocabulário cheio de gírias. Os dois contam que deixaram o programa como pessoas melhores e não vão esquecer nada que viveram dentro da mansão.

Polêmicas

Embora o saldo da participação de Ju e Manga tenha sido positivo, o casal recebeu algumas críticas após escolher um poder da árvore que transformou uma DR dupla em tripla. Na ocasião, os amigos Lucas Salles e Camila Colombo foram eliminados.

“Está muito recente ainda. A gente não conseguiu ver tudo e ficarmos surpresos quando vimos a repercussão que deu esse negócio da árvore. A gente não esperava que isso tivesse acontecido. Acho que foi só o ponto de vista de algumas pessoas porque outras entenderam a nossa situação”, explica a artista.

Ju acredita que transformar a DR em uma disputa tripla ao invés de dar uma desvantagem para outros dois casais nas provas era a opção mais coerente naquela altura do jogo.

“Não nos arrependemos dessa decisão. Não queríamos prejudicar pessoas inocentes, que eram outros casais de amigos que estavam no sofá. Antes disso, a Clara e o Coelho quase entraram numa DR por causa de uma desvantagem e isso pesou para a gente na hora de decidir”, afirma ela, que não pensou em divisão de torcidas e não quis prejudicar os amigos com a escolha. “Somos inexperientes em jogo. Nem sabia como funcionava esse negócio”, defendeu a loira.