Ex-produtor diz que 'Os Simpsons' não previu os ataques de 11 de setembro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um ex-produtor executivo de "Os Simpsons" negou que o desenho animado tenha previsto os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos. O caso há anos é alvo de uma teoria da conspiração na internet.

Na última terça (3), Josh Weinstein, que trabalhou como showrunner no episódio "The City of New York vs. Homer Simpson", exibido em 1997, falou sobre a sugestão de que a série sabia antecipadamente sobre os ataques ao World Trade Center. Ele disse que a cena que gerou as especulações foi "totalmente coincidência".

"Posso dizer que a [cena] infeliz com 9/11 foi estritamente porque US$ 9 parecia uma tarifa de ônibus barata engraçada e queríamos ter os prédios do World Trade Center no anúncio porque é onde a história aconteceu", Weinstein tuitou. "Totalmente, totalmente uma coincidência."

Na cena em questão, a série exibiu um anúncio em uma revista com a palavra "Nova York" acima do preço US$ 9. As Torres Gêmeas, presentes na propaganda, parecem formar um 11, em referência ao mês em que aconteceram os atentados, o que levou as pessoas a acreditarem na conspiração.