Ex-padastro de Neymar vende conteúdo por R$ 25 e diz focar em 'coroas'

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ex-padrasto de Neymar, o modelo Tiago Ramos, 24, está tentando capitalizar a fama em grupos fechados de venda de conteúdo. Recentemente, ele criou contas em dois sites diferentes, um brasileiro e um internacional, com essa finalidade.

No Lastlink, que ele propagandeia em sua conta de Instagram, é preciso fazer uma assinatura mensal de R$ 25 para ter acesso ao que posta o ex-namorado de Nadine Gonçalves, mãe do craque da seleção brasileira.

"Aqui você vai ver conteúdos diferentes", promete ele. "Conteúdos que você nunca viu. Só coroas. Adoro as maduras. Quero só money [dinheiro]."

Ramos já havia criado há algumas semanas uma conta no OnlyFans, que tem funcionamento parecido. Por lá, é preciso pagar US$ 10 (cerca de R$ 48) para ter acesso mensal a sua página. No entanto, até o momento o modelo ainda não fez nenhuma publicação.

Em maio, ele chegou a atiçar os fãs ao anunciar que entraria na plataforma e publicou uma foto de cueca. "Um brinde às coroas", escreveu na época nas redes sociais.

Ramos e Nadine, que é 30 anos mais velha que ele, tiveram um namoro conturbado em 2020. Eles assumiram o relacionamento em abril e, na época, tiveram a bênção do filho famoso dela.

Logo depois, começaram a pipocar na imprensa de celebridades histórias sobre o passado amoroso de Ramos. Aparentemente, a amada não sabia que ele era bissexual e já tinha namorado homens. Ele também teve um suposto vídeo íntimo vazado na internet. Na época, um áudio vazado mostrou Neymar xingando o padrastro.

Em seguida, o modelo sofreu um acidente doméstico na casa da namorada. Ele feriu o braço direito após dar um soco em uma vidraça do apartamento e acabou levando 12 pontos. Em junho, o relacionamento dos dois terminou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos