Ex-mulher de Rodriguinho diz ter apagado vídeos sobre agressão para preservar filhos

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após apagar uma série de vídeos em que denunciava o ex-marido, o pagodeiro Rodriguinho (ex-Travessos), por agressão, Natália Damasceno, também conhecida como Nanah, usou o Instagram para dizer que tomou a atitude para preservar os filhos Aretha e Jaden Fernando. A cantora e influenciadora digital reafirmou que tudo que foi dito ali é verdade e agradeceu o apoio que vem recebendo dos seguidores. "Cada palavra daquele post é verdade. O meu bem maior são meus filhos. Por conta deles, pela exposição que eu não quero que eles passem, nem que vejam os pais passando, eu apaguei os posts", iniciou, em uma série de vídeos compartilhados neste sábado (23). "Num momento de impulso, fiz algo que a Nanah não faria quando está centrada. Ela pensaria nos fillhos e que ela mesma não gosta dessa exposição. Por isso retirei o vídeo", contou, referindo-se a si mesma em terceira pessoa. Visivelmente abatida, Nanah continuou o desabafo dizendo não ter sido acuada, pressionada e que não apagou os vídeos por medo. "Simplesmente pensei nos meus filhos e, por eles, meu posicionamento e todas as medidas estão sendo tomadas e toda decisão será mantida em sigilo. Não quero mais falar desse assunto aqui", afirmou, taxativa, a influenciadora. Ela afirmou que independentemente da pressão que sofrer para falar novamente sobre o caso não se pronunciará e respondeu às críticas que apontavam que a atitude dela desencorajaria outras mulheres que vivem relações abusivas a denunciarem seus parceiros. "Não inspiro outras mulheres pelos vídeos que postei na quinta-feira, mas por quem eu sou", ela, emendou, pedindo que as pessoas respeitem o momento que está passando. "Tenham um pouco mais de empatia comigo como mulher madura, que não resolve as coisas com polêmica. Não estou atrás disso". Nos vídeos, ela contou que a separação de Rodriguinho, embora tenha se tornado pública no início de 2021, aconteceu há cerca de um ano. "Desde que resolvi investir na vida de influenciadora minha decisão foi que [as pessoas venham] pelo meu conteúdo e não por meio de polêmicas, nem curiosidade. Mais um motivo para não ter anunciado minha separação assim que aconteceu", ponderou Nanah. "Não queria que isso fosse o foco do meu perfil. Quem vem falar que quero 15 minutos de fama, não me conhece, não preciso disso", disse a influenciadora, que negou que sejam verdadeiras notícias que apontavam que ela teria ofendido e agredido a mãe do pagodeiro. "Quem inventou essa história é um grande mentiroso. Só para deixar claro que o problema foi entre nós: Rodrigo e Nanah. Não existiu a mãe dele na história em momento algum". Nanah finalizou reafirmando que exercerá o direito de manter este assunto em segredo e pedindo que os fãs rezem por sua família. "Orem por mim, orem por nós. Todo ser humano erra e outros mais. Mas nunca vou perder a fé, porque acredito que Deus conhece o motivo de cada um. O que couber a mim, vou fazer e o resto deixo nas mãos Dele", encerrou.