Ex-mulher de Armie Hammer rompe silêncio em meio à polêmica em torno do ator

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz, apresentadora e jornalista Elizabeth Chambers, 38, ex-mulher do ator Armie Hammer, 34, fez um primeiro comentário público sobre as polêmicas sobre canibalismo e práticas abusivas envolvendo seu ex-marido. "Sem. Palavras", escreveu Chambers em uma publicação de uma foto de Hammer para a divulgação de um filme de terror que irá tratar sobre canibalismo. Armie Hammer não tem ligação com o filme, mas o perfil de notícias do Instagram, Just Jared, publicou uma foto do ator ao lado de Timothée Chalamet, 25, e do diretor Luca Guadagnino, 49. Os três trabalharam juntos no filme "Me Chame Pelo Seu Nome" (2017) e segundo o site Deadline, tanto o diretor quanto Chalamet irão trabalhar no filme de terror intitulado "Bones And All". Além da direção feita por Guadagnino e da participação do indicado ao Oscar, a atriz Taylor Russel, estrela do filme de terror "Escape Room" (2019), também pode fazer parte do elenco, como protagonista junto de Chalamet. O longa é escrito pelo produtor David Kajganich. O site The Hollywood Reporter informou que "Bones and All" é baseado em um romance da autora Camille DiAngelis, escrito em 2015. A história acompanha uma mulher que busca seu pai e tenta entender por que deseja "matar e comer as pessoas que a amam". O filme ainda não tem previsão de lançamento. Chambers e Hammer se casaram em maio de 2010, e juntos tem dois filhos: Harper Grace, 6, e Ford Douglas Armand, 4. A separação foi anunciada em julho de 2020. "Foi uma jornada incrível, mas, juntos, decidimos virar a página e seguir em frente com o nosso casamento", escreveu a jornalista e apresentadora em uma publicação feita em seu Instagram. Recentemente, o ator foi interrogado por policiais das Ilhas Cayman, no Caribe, após compartilhar um vídeo de uma mulher não identificada que estava apenas de roupas íntimas e amarrada na cama, em sua conta privada do Instagram.