Ex-marido de Val Marchiori é preso por não pagar pensão aos filhos

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 28.11.2016: EXPOSIÇÃO-SP - A empresária e apresentadora Val Marchiori na abertura da Exposição de Arte Brasileira Sustentável, com obras da artista plástica Bia Doria, no Memorial da América Latina na zona oeste de São Paulo. (Foto: Bruno Poletti/Folhapress)


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O empresário Evaldo Ulinski, 74,  ex-marido de Val Marchiori foi preso na manhã desse sábado (28), na cidade de Barra Velha, em Santa Catarina. 

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) confirmou o carro do empresário foi abordado na BR-101, e os policiais na função viram que tinha um mandado de prisão contra ele.

Segundo a assessoria de imprensa de Marchiori, o pai dos gêmeos Eike e Victor, de 14 anos, teve mandando de prisão expedido pela falta de pagamento de pensão. 

Ulinski e Marchiori estão em disputa judicial desde a separação em 2015. Eles foram casados por 12 anos. A socialite chegou a processar o SBT por causa de uma carta que o ex-marido enviou ao programa Fofocalizando. 

No texto divulgado, Ulinski dizia que a ex-mulher era uma "prostituta de luxo" e que "teve envolvimento com vários homens por dinheiro".

Em outubro deste ano, Marchiori ficou noiva do empresário Thiago Castilho na Ponte dos Suspiros, em Veneza (Itália). O casal tirou alguns dias de férias pela Europa.

O pedido de noivado foi feito por Castilho acompanhado de uma poesia que ele mesmo escreveu sobre o relacionamento dos dois. Para Marchiori, esse momento foi emocionante. "Foi muito emocionante! Thiago me fez chorar ao declamar esta poesia, na Ponte dos Suspiros, um cartão postal de Veneza", disse a apresentadora.