Barrado em aeroporto após Covid-19, ex-BBB Victor Hugo se diz "constrangido"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O ex-BBB Victor Hugo. Foto: reprodução/Instagram/victorhsteixeira
O ex-BBB Victor Hugo. Foto: reprodução/Instagram/victorhsteixeira

Flagrado no aeroporto após a internação por Covid-19, o ex-BBB Victor Hugo se pronunciou sobre o episódio nas redes sociais na madrugada deste domingo (27). Em uma nota de esclarecimento, o psicólogo afirmou que decidiu viajar por já estar curado da doença e disse que se sentiu constrangido ao ser barrado no embarque pela companhia aérea.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Victor Hugo deixou a unidade de terapia intensiva do Hospital Metropolitano de Alagoas na última sexta-feira (25), com “recomendações médicas para finalizar o seu tratamento em isolamento e retornar para sua cidade natal”, segundo boletim divulgado pelo hospital e reproduzido pelo site G1.

Leia também:

“Fui orientado pela equipe médica que me acolheu nos últimos dias que eu já não apresentava mais nenhum sintoma de Covid, estando curado e por isso me deram alta. Me orientaram que eu deveria ir para casa, repousar. Meu voo estava marcado para a noite e, como ainda não me sentia totalmente bem disposto, principalmente dor nas pernas pela quantidade de dias que fiquei internado e devido à própria UTI, fiquei receoso quanto a viagem”, explicou o ex-BBB na nota.

O psicólogo disse que decidiu ir até o aeroporto para remarcar a passagem ou embarcar. Lá, conseguiu autorização para viajar normalmente.

“Recebi meu ticket, passei normalmente por todos os protocolos de segurança do aeroporto e, como outro passageiro qualquer, me dirigi à área de embarque. A todo instante ressalto não tossi e fiz uso contínuo de máscara e álcool em gel”, destacou.

Em seguida, Victor relatou ter percebido incômodo de outras pessoas no local com sua presença. Logo depois, ele foi abordado por um agente para ir novamente ao guichê. “Me pediram para que eu apresentasse documentos para poder viajar. Eu não tinha conhecimento sobre a necessidade de tais documentos e, até então, em nenhum momento a companhia aérea me solicitou qualquer necessidade de documento”, disse ele, que apresentou a alta hospitalar.

Em entrevista ao G1, a companhia aérea Azul alegou que o embarque foi cancelado para seguir as recomendações da Anvisa e que “solicitou ao cliente que cumprisse isolamento por 14 dias, e remarcou a passagem dele sem custo adicional”.

O psicólogo rebateu o argumento e afirmou que seu voo havia sido remarcado para este domingo (27). Ele acredita ter sido impedido de viajar por uma política de “redução de danos” da empresa. Após a repercussão do incidente, o ex-BBB pediu o reembolso da passagem e diz que vai ficar em isolamento em Maceió, “até data não determinada”.

“Fiquei extremamente constrangido com a forma de condução da companhia visto que me coloquei à disposição desde o primeiro momento para qualquer eventual dúvida e fui exposto”, desabafou.

Victor Hugo encerrou o texto dizendo com um agradecimento pelas orações por sua recuperação e uma retratação. “Deixo aqui meu mais sincero pedido de desculpas por qualquer transtorno causado a alguém, por menor que venha a ser”, disse.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos