Ex-ator mirim de "Tubarão" vira chefe de polícia na cidade do filme

Jonathan Searle, hoje delegado, e ao lado em cena de
Jonathan Searle, hoje delegado, e ao lado em cena de "Tubarão" (Foto: Jeremy Driesen/MV Times/reprodução)

Resumo da notícia:

  • Ex-ator mirim de "Tubarão" virou chefe de polícia na cidade onde o filme foi filmado

  • Jonathan Searle, hoje delegado, preferiu não seguir na carreira de ator

  • Quarenta e sete anos depois da estreia do clássico, o estadunidense ri da coincidência

O destino quis que Jonathan Searle construísse a sua vida em Oak Bluffs, no Massachusetts, nos Estados Unidos. Quarenta e sete anos depois de participar ainda criança das filmagens de "Tubarão" (1975) na região, o estadunidense agora se torna chefe de polícia da cidade.

No longa de Steven Spielberg, Searle contracenou com o irmão, Steven, em uma pequena cena do clássico filmada em Oak Bluffs. São eles as crianças que fingem ser um tubarão para assustar os banhistas da praia.

“Estou claramente eufórico e honrado por ter recebido o cargo”, disse o ex-ator mirim, hoje aos 56 anos e sargento ao site Vineyard Gazette, após vencer a eleição de chefe de polícia na cidade ocupada por pouco mais de 5 mil pessoas.

"É algo para o qual estou trabalhando durante a minha carreira inteira", completou ele. Na mesma entrevista, ele disse que já foi chamado para investigar tubarões na praia da cidade, mas que a denúncia - felizmente - não tinha credibilidade.

Jonathan Searle não trabalhou como ator após "Tubarão" para seguir os passos do pai, George Searle, que atuou como policial por três décadas. Sobre a repercussão do seu novo cargo, ele brincou em conversa com o New York Post: “estou achando a coisa toda muito engraçada também!”.

Relembre a cena de Jonathan Searle em "Tubarão" abaixo:

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos