Ex-assistente de Ivete Sangalo pede R$ 1,4 milhão por falta de benefícios

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.06.2022 - Show da cantora Ivete Sangalo durante o festival Micareta São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 16.06.2022 - Show da cantora Ivete Sangalo durante o festival Micareta São Paulo, no Sambódromo do Anhembi. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora e apresentadora Ivete Sangalo, 50, se vê envolvida em um processo movido por um ex-assistente que quer reaver um grande valor que ele diz ter direito pelos 25 anos em que trabalhou com sua agência artística. A informação foi publicada primeiro pelo colunista do UOL Lucas Pasin e confirmada pela Folha de S.Paulo. O valor da ação está sob sigilo na ação trabalhista, mas, de acordo com o colunista, a quantia gira em torno de R$ 1,4 milhão.

No processo em questão, o ex-funcionário alega que nunca teve sua carteira assinada nem recebeu os benefícios pela empresa. Por conta disso, ele diz ter muito dinheiro a receber referente a férias, 13º salário, aviso prévio, adicional noturno e valores do FGTS não depositados.

Uma audiência para tentar um acordo entre as partes está marcada para o próximo dia 15 de setembro. Procurada, a cantora e a Iessi Produções e Eventos não quiseram se pronunciar.