Ex-agente de Johnny Depp revela abuso de drogas, álcool e "desespero financeiro"

Johnny Depp no tribunal em processo contra a ex-esposa Amber Heard.
Johnny Depp no tribunal em processo contra a ex-esposa Amber Heard. Foto: REUTERS/Kevin Lamarque/Pool

Resumo da notícia:

  • Em depoimento no tribunal, ex-agente e ex-gerente de negócios falam sobre Johnny Depp

  • Eles relataram descontrole com drogas, álcool e desespero nas finanças

  • Segundo as testemunhas, os gastos do ator eram muito altos apesar da renda significativa

O processo de difamação em andamento de Johnny Depp contra Amber Heard contou com novos depoimentos na última quinta-feira (19). De acordo com a Variety, o ex-agente de talentos do ator e seu ex-gerente de negócios relataram experiências bastante negativas envolvidas por abuso de drogas e descontrole financeiro.

Tracey Jacobs, que apareceu em um depoimento gravado, contou que representou Depp por 30 anos como seu agente de talentos ao afirmar que ele era “a maior estrela do mundo”. Inclusive, o astro das telonas a demitiu na mesma época em que se separou de outros parceiros de negócios.

Ela ainda disse que era honesta com Johnny Depp sobre os atrasos nos sets e seu comportamento pautado em drogas e álcool estarem prejudicando sua carreira. De acordo com Jacobs, ele usava um fone de ouvido enquanto estava no set para poder receber suas falas. “Sua estrelato diminuiu devido à dificuldade de conseguir emprego, dada a reputação que ele adquiriu devido ao atraso e outras coisas”, afirmou.

Em meio à alegação de Depp sobre o artigo de Heard sobre violência doméstica ter resultado na perda de trabalhos milionários, o que incluiria o sexto filme “Piratas do Caribe”, Jacobs testemunhou que não se lembra da Disney ter se comprometido a ter Depp no ​​filme. Ela também afirmou que ele estava em estado de “desespero financeiro” e pediu à agência que lhe desse US$ 20 milhões.

Outro depoimento gravado ouvido no tribunal no mesmo dia foi o do ex-gerente de negócios de Depp, Joel Mandel. Ele deixou de trabalhar para o ator em 2016 e teve a empresa processada por Depp em 2017, acusando-a de má administração de seus ganhos, com a resolução feita em 2018.

Segundo Mandel, por volta de 2010, ficou mais difícil trabalhar com Depp devido ao uso de substâncias. “O que eu sempre percebi como alguém que gostava de apreciar seu vinho no final do dia tornou-se um consumo que parecia excessivo”, disse. “A capacidade de coordenar e encontrar momentos para nos encontrar tornou-se mais difícil. Ficou claro com o tempo que havia problemas com álcool e drogas", continuou.

"E isso se traduziu em comportamento mais errático, comportamento mais estressante, mais vezes em que era difícil se envolver nos tipos de conversa que eu precisava para fazer meu trabalho", completou.

O ex-gerente ainda contou que começou a expressar regularmente suas preocupações com as “circunstâncias financeiras terríveis” de Depp em 2015. Para Mendel, embora a renda de Depp fosse muito significativa, seus gastos também eram. A certa altura, o ator chegou a pagar US$ 300.000 por mês aos funcionários.

Vale lembrar que Johnny Depp está processando Amber Heard por danos morais. Não é por acaso que o julgamento acontece na Virgínia, estado onde o Washington Post é impresso nacionalmente e tem uma versão mais maleável da lei Anti-SLAPP (Ações Estratégicas Contra a Participação Pública). Por lá, pedidos de indenização por danos morais costumam ter mais sucesso na Justiça.

As sessões deverão ter muitos famosos, a exemplo de Elon Musk. Depp suspeita que o CEO da Tesla e da SpaceX seja o pai da filha de Amber. Em outras oportunidades, o ator acusou a ex-esposa de manter uma relação a três com a modelo Cara Delevigne e o CEO da Tesla e da SpaceX quando ainda estava casada com ele.

James Franco deverá falar como testemunha de defesa de Amber Heard. A atriz diz que chegou a mostrar os hematomas das agressões que sofria de Johnny Depp em casa para o ator. Do lado de Johnny Depp, Paul Bettany irá defender o ator e provavelmente terá que se explicar sobre as conversas comprometedoras que teve com o amigo no período da separação. Clique aqui para saber tudo sobre o caso.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos