Evangélica, Mara Maravilha desfila no Carnaval e é criticada na web

Apresentadora do SBT presta homenagem para Leão Lobo em São Paulo (Reprodução/instagram.com/maramaravilhaoficial)

Evangélica há bastante tempo, a apresentadora Mara Maravilha, 49, desfilou neste ano em uma escola de samba de São Paulo que homenageou o seu colega de trabalho no SBT, o jornalista Leão Lobo, 63.

Enredo da “Em Cima da Hora”, o âncora do programa “Fofocalizando” contou com a presença da baiana pertinho dele no carro alegórico no qual saiu na capital paulista. Com um vestido preto, rosto pintado e uma peruca de franjinha que remetia ao seu visual nos anos 80, Mara se divertiu na passarela do samba.

Leia mais:
Juliana Paes sofre assalto à mão armada a caminho da Sapucaí
‘A gente passou a fazer menos e com mais qualidade’, diz Bruno Gagliasso sobre sexo com Gio Ewbank

Apesar disso, a famosa foi duramente criticada nas redes sociais por conta da religião. “Tudo é permitido mas nem tudo convém, que decepção”, disparou uma pessoa. “De evangélica você não tem nada. Está perdida!”, comentou outro seguidor. No vespertino no qual comanda na TV, Mara se defendeu: “Eu amo o Leão e só por isso estive lá. Jamais pensei em voltar para o Carnaval, mas dessa vez, fui homenagear um amigo, só isso!”.