Eternos | Chloé Zhao utilizou filmes de Denis Villeneuve de inspiração para a construção do próximo da Marvel

·1 minuto de leitura

Chloé Zhao, diretora ganhadora do Oscar, confessou anteriormente ser uma grande fã do trabalho de Denis Villeneuve, e agora, revelou que utilizou de inspiração algumas cenas de trabalhos anteriores do diretor para guiar a Marvel em como ela gostaria que Eternos, próximo filme do estúdio, fosse criado.


"Eu gostaria de me colocar na briga por uma vaga de emprego como sua assistente no set de filmagens. Sabe, quando eu fui vender a ideia de Eternos, eu tinha cenas dos seus filmes como referência. Eu sou naturalmente atraída por cineastas que têm uma mão forte na construção de mundos. Quando vejo seus filmes, mesmo que sejam de gêneros diferentes, de Sicario até A Chegada, para Os Suspeitos e Blade Runner 2049, você conseguiu construir mundos tão viscerais que sinto que posso quase tocá-los", disse a diretora à Harper's Bazaar.


Os Eternos existem para ajudar a guiar a humanidade e proteger a vida na Terra, mas estão sumidos há muitos anos na Terra. Quando uma ameaça do passado, os Deviantes, ressurge misteriosamente, o grupo se vê forçado a entrar em ação. A direção é da atual vencedora do Oscar de Melhor Filme e Melhor direção, Chloé Zhao (Nomadland)


Com estreia marcada para o dia 4 de novembro no Brasil, Eternos vai explorar um grupo de super-humanos criados pelos Celestiais formado por Sersi (Gemma Chan), descrita pelo presidente do Marvel Studios como a protagonista da história, além de Dane Whitman/Cavaleiro Negro (Kit Harrington), Ikaris (Richard Madden), Ajak (Selma Hayek), Thena (Angelina Jolie), Gilgamesh (Ma Dong-seok "Don Lee"), Phastos (Brian Tyree Henry), Makkari (Lauren Ridloff), Kingo (Kumail Nanjiani), Druig (Barry Keoghan), Duende (Lia McHugh).


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos