Ator de 'Goonies' acusa Charlie Sheen de estupro em documentário

Estupro de Corey Haim teria acontecido durante as gravações de 'A Inocência do Primeiro Amor' (Foto: Divulgação)

Charlie Sheen foi novamente acusado de estupro pelo ator Corey Feldman, que atuou no clássico 'Goonies' (1985). O caso foi relatado no documentário 'My Truth: The Rape of Two Coreys', no qual Feldman conta sobre os abusos sofridos por ele e seu amigo, Corey Haim, nos anos 80.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

O polêmico Sheen aparece entre eles, mas negou quando procurado pelo Entertainment Weekly. O estupro teria acontecido durante as gravações de ‘A Inocência do Primeiro Amor' (1986), quando eles tinham 19 e 13 anos.

No Instagram, Feldman contou que sofreu diversos abusos na adolescência. “Estava rodeado de pedófilos nos meus 14 anos. Só fui perceber mais tarde o que eles eram e o que queriam."

O documentário, em suas palavras, é uma tentativa de expor “o próximo Harvey Weinstein", produtor condenado por estupro de diversas mulheres em Hollywood.

Corey Haim, morto em 2010 por uma conjunção de pneumonia, problemas cardíacos e respiratórios, teria deixado diversos detalhes sobre o episódio com Sheen. “Ele me disse: ‘Charlie me curvou entre os dois carros, passou óleo nas minhas nádegas e me estuprou em plena luz do dia'. Qualquer pessoa poderia ter passado, qualquer um poderia ter visto."

Mãe nega história

A acusação já havia saído na imprensa estrangeira em 2017, por uma fonte anônima à revista National Enquirer. Na época, a mãe de Corey Haim, Judy, disse ao Entertainment Tonight que o filhou nunca mencionou o nome de Charlie Sheen, apesar de ter confirmado o abuso.

O polêmico Charlie Sheen

Famoso pela série Two and a Half Men, Charlie Sheen acumula polêmicas, histórico de abuso de drogas e álcool. Em 2015, ele se declarou HIV positivo. Na época, Sheen disse que não sabia como contraiu a doença, mas que também não a transmitiu.

Após a revelação, diversas ex-namoradas do ator — entre elas a atriz pornô Bree Olson — vieram ao público revelar que ele jamais revelou a doença para elas.

Em 2019, a US Weekly noticiou que o norte-americano devia o equivalente a R$ 2 milhões em pensão alimentícia para as filhas Sam, 15, e Lola, 14, do casamento com a atriz Denise Richards. O caso corre na justiça.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.