Estudo revela o que acontece com nosso corpo quando guardamos um segredo

Reprodução/Pixabay PublicDomainPictures

Guardar um segredo pode prejudicar nossa saúde e carreira, descobriu um novo estudo. Cientistas da Universidade Columbia, em Nova York, realizaram duas pesquisas que identificou 38 segredos comuns e descobriram que apenas pensar neles pode prejudicar nosso bem-estar. Manter esses segredos afeta, inclusive, nosso desempenho no trabalho.

Os pesquisadores contaram com 2 mil voluntários que responderam a um questionário e descobriu-se que 96% deles estavam guardando alguma informação confidencial. Entre elas estavam infidelidade, comportamento sexual e pensamentos românticos sobre alguém que não fosse o parceiro.

“As pessoas revelaram que precisam esconder seus segredos de vez em quando. No entanto, elas não esperam que seus segredos apareçam espontaneamente em suas mentes, mesmo sendo irrelevantes para a tarefa ou situação do momento”, diz Michael Slepian, co-autor do estudo.

Isso prejudica de forma intensa os níveis de foco, o que se reflete diretamente em nossa vida profissional. “Além de diminuir a sensação de bem-estar e gerar consequências para a saúde física, manter segredos também pode mudar o foco de uma pessoa nas funções que desempenham”, completa Malia Mason, que também lidera o estudo.

Entre os 38 segredos listados, os mais comuns são:

– Machucar alguém, física ou emocionalmente
– Usar drogas ilegais
– Ter um hábito ou vício que não envolve drogas
– Roubar algo de alguém ou de um lugar
– Participar de algo ilegal (outros que não sejam drogas ou roubo)
– Se ferir fisicamente
– Fazer um aborto
– Passar por experiência traumática (além das citadas acima)
– Ter mentido para alguém